Domingo, 18 de Agosto de 2019
Notícias

Cinemais em Manaus é notificado por "requentar" pipoca

A rede de cinema tem até 30 dias para se adequar às normas exigidas.



1.jpg Forro deixava fiação exposta na sala de cinema do Cinemais
01/03/2013 às 17:59

Na blitz realizada pela Comissão de Direito do Consumidor da ALE (CDC-Aleam), na manhã desta sexta-feira (1), em parceria com o Corpo de Bombeiros, Procon-AM e Delegacia do Consumidor (Decon), os fiscais constataram falha na segurança estrutural do Cinemais, rede de cinemas do Millennium Shopping, na Avenida Djalma Batista, Zona Centro Oeste.

Além da interdição das salas de cinema, o Cinemais foi ainda notificado pelo Decon. No local, foi encontrada uma grande porção de pipocas que seriam requentadas e reaproveitadas nas sessões desta sexta-feira (1).

Irregularidades

Responsável pela fiscalização, o capitão Alexander Leal do Corpo de Bombeiros explicou que as oito salas interditadas estão com problemas estruturais.

“Em uma das salas, parte do forro caiu por conta de infiltrações. Além disso, a fiação exposta estava muito próximo à espuma de proteção acústica, o que poderia desencadear um curto circuito”, relatou o capitão, ao acrescentar que nas demais salas também foram constatadas infiltrações e fiação exposta. “Por precaução, achamos por bem interditar todas as demais salas”, disse. Ele acrescentou ainda que "coletamos uma amostra da espuma e solicitamos um laudo e uma ficha técnica do material para averiguarmos a sua origem e a extensão do problema que causaria em caso de um incêndio no local”, explicou o capitão


O Cinemais tem um prazo de 30 dias para corrigir as infrações. Até lá, ficará interditado. “Se a solução para os problemas for apresentada antes deste prazo e averiguarmos que, de fato, as falhas foram corrigidas, o Cinemais poderá ser reaberto em um período menor”, comentou o capitão Leal.

Direção do Millennium

Em nota, o Millennium afirma que apóia a fiscalização dos órgãos. “O operador do cinema, que atua de acordo com as exigências da Associação Brasileira  de Normas Técnicas (ABNT), está providenciando o atendimento às solicitações de adequação feitas pela inspeção e espera ainda hoje liberar o funcionamento das salas”. Eles ainda destacaram que estão com os alvarás e licenças de operação em dia

Manaus Plaza

A fiscalização também percorreu as salas de cinema do Manaus Plaza. No local não foram constatadas irregularidades. No entanto, tanto o Corpo de Bombeiros quanto os fiscais da Comissão notificaram o Cinemais quanto à higiene do local e melhorias na sinalização das saídas de emergência.

“É apenas uma questão de melhoria de estrutura. Por meio de um termo de autuação, o estabelecimento terá de adicionar pontos de iluminação nas saídas de emergência para dar mais segurança aos usuários. Eles terão um prazo de 30 dias para se adequar”, ressaltou o capitão Leal.

Para Rotta, essa fiscalização é apenas o pontapé para que sejam realizadas vistorias em todos os cinemas de Manaus. “Com base no relatório desta ação, acreditamos que outras fiscalizações poderão ser realizadas em outros cinemas, muito em breve”, alertou.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.