Publicidade
Cotidiano
Notícias

Citroën C4 é destaque em índice do Cesvi Brasil sobre enchentes

Versão hatch e minivan C4 Picasso recebem quatro estrelas de cinco possíveis, ou seja, possuem baixo risco de apresentar danos em alagamentos que provoquem sua parada 31/01/2013 às 14:22
Show 1
Citroën C4 é destaque em índice do Cesvi Brasil sobre enchentes
acritica.com* ---

O Citroën C4 e a minivan C4 Picasso tiveram grande destaque no índice Cesvi Brasil de avaliação do risco que cada veículo corre na eventualidade de estar em uma área de alagamento. Os modelos alcançaram quatro estrelas de cinco possíveis, enquanto o Novo Citroën C3 também obteve destaque e obteve 3,5 estrelas.

Esse estudo aborda os possíveis danos que os carros possam sofrer em função de suas características mecânicas e eletroeletrônicas. A classificação é apresentada em uma escala de 0,5 a 5 estrelas. Quanto maior a nota, melhor o veículo e menor seu risco de apresentar danos em enchentes que provoquem sua parada.

Com a informação de quais veículos oferecem menos riscos de parar em um alagamento, seguradoras e consumidores têm maior embasamento para tomar suas decisões, e as montadoras ganham uma importante referência para atuar na evolução dos sistemas de seus modelos.
Para chegar a esse índice, o Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária) faz uma análise detalhada em cada modelo, avaliando a possibilidade de danos por enchente sob duas óticas: risco de sofrer o calço hidráulico e risco de comprometimento de seu funcionamento por danos em componentes fundamentais. Os seguintes itens são estudados: sistema de admissão, sistema de escape, cilindrada do motor, taxa de compressão, alternador, centrais elétricas, sensor de oxigênio (lambda), sensor de rotação do motor, unidades de controle e embreagem.

"Este resultado indica nossos inúmeros esforços, da concepção do projeto à industrialização, que permitem oferecer a nossos clientes produtos cada vez mais competitivos e adaptados à realidade brasileira", explica Eduardo Grassiotto, diretor de Pós-Venda da Citroën do Brasil.

*Com informações de assessoria. 


Publicidade
Publicidade