Quinta-feira, 20 de Junho de 2019
ELEIÇÕES

Clima de esperança toma conta de comícios para eleições suplementares em Caapiranga

Apesar do cenário de instabilidade política, a disputa entre “Tonico” (DEM) e “Tico” (Pros) movimentou tanto eleitores residentes da sede e dos interiores do município



1554478154880066_8A0C9B1C-8D37-484F-8794-F95A5C7A3D3D.JPG Foto: Marcio Silva
05/04/2019 às 11:30

Apesar do cenário de instabilidade política, o clima de esperança foi o que tomou conta dos dois comícios que alcançaram todo o município de Caapiranga na noite dessa quinta-feira (4). A disputa para as eleições municipais suplentes entre Francisco Andrade Braz (DEM), o “Tonico”, e Antônio Ferreira de Queiroz (Pros), o “Tico”, movimentou tanto eleitores residentes da sede e dos interiores do município, quanto os vindos de outras partes do Amazonas.

Desde a entrada pelo porto da cidade era possível ver de longe bandeirolas e camisas coloridas nas cores azul e laranja - as escolhidas para identificar cada candidato. Após passeata pelas principais vias da sede de Caapiranga, o primeiro comício foi o do candidato a prefeito Francisco Braz e a vice França Queiroz, na praça do Centro da cidade.

Improvisando um palanque na caçamba de um caminhão de construção, “Tico” disse que a primeira coisa que irá fazer caso vença as eleições será a correção da pavimentação dos corredores viários da cidade.


Foto: Márcio Silva

“As ruas estão depreciadas e vou me concentrar nisso. Um ponto forte da minha campanha é trazer o polo da UEA (Universidade Estadual do Amazonas) para cá. Isso será fundamental para as famílias que não têm condições de se deslocarem para Manaus. Será a grande vitória do meu mandato”, projetou.

Questionado sobre projetos na saúde, ele disse que “é preciso tratar esse tema com muito carinho”. “Queremos lançar uma plataforma digital para as pessoas com seus desktops e celulares agendarem consulta médica com mais conforto”, relatou.

Sobre a precariedade de conexão à internet no município, contudo, não há projetos aparentes. Questionado sobre o significado da cor laranja para identificar a comitiva partidária, a associação à esperança e ao vigor foram as referências pensadas. “Laranja representa também uma fruta com todas as vitaminas que precisamos. Meu governo será transparente e completo. Sou gestor e engenheiro civil; sou eficiente para criar um sistema de transparência pública”, acrescentou.

Do outro lado, o “Tico”, aparece com propostas de investimentos na educação tecnológica e na modernização do setor primário. O discurso abordado por ele foi principalmente de "continuar o que já começamos no mandato interino". Antônio, além de ser candidato, é o atual prefeito interino de Caapiranga, desde a cassação dos mandatos dos antigos gestores municipais por crime de improbidade administrativa.


Foto: Márcio Silva

“Estamos com barcos à disposição da Prefeitura que fazem viagem gratuita daqui do município até Manacapuru e vamos continuar otimizando o transporte à população. Além disso, reajustei o salário de professores e servidores da saúde e pretendo avançar nos investimentos desses setores, como ampliar o programa de bolsas aos universitários para terem mais condições ao Ensino Superior”, explicou.

Segundo ele, a concessão gratuita de material escolar ao ensino básico já foi protocolada pelo poder público e será realizado em breve. Para alcançar as comunidades rurais, a extensão de conexão de banda larga às escolas interioranas foi abordada como promessa de campanha.

“Queremos fazer a mecanização de terras e investir na piscicultura para dar mais autonomia econômica ao agricultor e expandir o seu leque de oportunidades de renda", detalhou. Em meio a polêmicas envolvendo os antigos mandatários municipais, ele defendeu que "não usurpou o lugar de ninguém", mas que seguiu “a decisão da Justiça em cassar os mandatos”.

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.