Publicidade
Cotidiano
Notícias

Coautor do atentado contra Maratona de Boston é condenado à pena de morte por júri

Nos Estados Unidos, júri federal demorou 15 horas para chegar a uma decisão e escolheu a morte por injeção letal para Dzhokhar Tsarnaev 15/05/2015 às 16:22
Show 1
Dzhokhar Tsarnaev, 19, foi encontrado ferido em um barco na última sexta-feira
Scott Malone, Richard Valdmanis e Elizabeth Barber/Reuters Boston (EUA)

Um júri norte-americano condenou nesta sexta-feira (14) à pena de morte o coautor do atentado contra a Maratona de Boston, Dzhokhar Tsarnaev, por ele ter ajudado a realizar o ataque em 2013 que matou três pessoas e feriu 264.

O júri federal demorou 15 horas para chegar a uma decisão e escolheu a morte por injeção letal para Tsarnaev, de 21 anos. A outra opção era prisão perpétua sem possibilidade de libertação.

Prisão perpétua para outro terrorista

 

Um cidadão da Arábia Saudita descrito por autoridades norte-americanas como um importante assessor de Osama bin Laden foi condenado à prisão perpétua, nesta sexta-feira, por ligação com ataques a bomba contra embaixadas dos Estados Unidos no Quênia e na Tanzânia em 1998.

 

Khalid al-Fawwaz foi sentenciado pelo juiz distrital dos Estados Unidos Lewis Kaplan, após ser condenado por quatro acusações em fevereiro.

 

Ele não foi acusado de ajudar a planejar os ataques, que mataram 224 pessoas e deixaram mais de 4.000 feridos. Em vez disso, os promotores disseram que ele a "ponte para o Ocidente" de Bin Laden em Londres, disseminado as mensagens violentas do líder da Al Qaeda para a mídia e enviando suprimentos para membros do grupo na África.



Publicidade
Publicidade