Publicidade
Cotidiano
Notícias

Coleta seletiva de lixo é discutida

A reunião discutiu diversos pontos da Política Nacional de Resíduos Sólidos no Amazonas e a reinstalação do Fórum Lixo e Cidadania que acontecerá no dia 04 de fevereiro. 28/01/2013 às 17:17
Show 1
Procuradora do MPT-AM discute o pael dos catadores de lixo e a coleta seletiva de resíduos sólidos
acritica.com Manaus (AM)

Nesta segunda-feira (28) o Ministério Público do Trabalho no Amazonas da 11ª Região (MPT) por meio da procuradora do Trabalho Alzira Melo Costa e representantes do comitê estadual de catadores de lixo, se reuniram na sede do órgão ministerial para discutir a efetiva inclusão dos catadores de materiais recicláveis na coleta seletiva, para implementação, em Manaus, da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei n.º12.305/2010).

Um dos pontos previstos na Lei está a extinção de todos os lixões, até o ano que vem. , para isso, precisam ser adotadas medidas de coleta seletiva eficientes, além da regularização do trabalho dos catadores que já realizam a separação do lixo, em um trabalho de casa em casa, porém não remunerado. “O que eles ganham é apenas o que é vendido”, declarou Alzira.

Faz parte também das ações de articulação do MPT para a instituição do Fórum Lixo e Cidadania, que acontece no dia 04 de fevereiro, na sede do Ministério. “Fórum acompanhará as discussões neste setor com o enfoque na inclusão formal destes trabalhadores e justa retribuição. É um espaço de articulação onde participarão diversos órgãos públicos”, destacou a procuradora Alzira Melo.

Ainda de acordo com a procuradora, a Prefeitura de Manaus já procura buscar soluções. O atual prefeito, Arthur Virgilio, já se mostrou aberto ao diálogo. “O trabalho do MPT é essencial para a coordenação provisória deste debate e reivindicar o direito dos trabalhadores, que hoje prestam um serviço ambiental para a sociedade”, finalizou.

Publicidade
Publicidade