Publicidade
Cotidiano
Notícias

Com greve de trabalhadores na Argentina, Aerolíneas, Gol e TAM cancelam voos

Só no Aeroporto Internacional de Guarulhos, 19 voos foram cancelados, sendo dez partidas e nove chegadas das companhias 31/03/2015 às 09:00
Show 1
A TAM informou que, desde ontem, 19 voos da companhia foram cancelados
Marli Moreira (Agência Brasil) São Paulo

A greve de várias categorias de trabalhadores da Argentina afeta desde ontem (30) as viagens aéreas entre o Brasil e o país vizinho. Só no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica, 19 voos foram cancelados, sendo dez partidas e nove chegadas das companhias TAM, Gol e Aerolíneas Argentinas. As informações são da concessionária do terminal, a GRU Airport.

A TAM informou que, desde ontem, 19 voos da companhia foram cancelados. Os voos partiriam de São Paulo, do Rio de Janeiro e Assunção, no Paraguai, rumo à Argentina. De acordo com a companhia, cinco voos que partiriam do terminal de Guarulhos foram cancelados, mas um deles foi reprogramado para decolar às 11h10 com destino ao Aeroporto Internacional de Ezeiza, o maior da Argentina.

A empresa esclareceu que os passageiros podem remarcar a data da viagem para os próximos 15 dias, sem custo adicional, mas os interessados ficam sujeitos à disponibilidade de assentos. Outra opção dada ao cliente é a mudança do destino, sem multas, porém tendo de arcar com as diferenças tarifárias.

A companhia Gol Linhas Aéreas informou que de 14 voos programados pra hoje, nove foram cancelados – três partidas de Guarulhos e quatro chegadas para o mesmo terminal. Os outros voos cancelados são de Ezeiza (Buenos Aires) para Florianópolis (Santa Catarina) e de Florianópolis para Ezeiza.

A empresa informa que não haverá cobrança de taxas para remarcar as viagens e orienta os passageiros a entrarem em contato com o serviço de atendimento ao cliente (SAC 0800 704 0465) no Brasil ou pelo telefone 0810 2663 131, na Argentina.

Publicidade
Publicidade