Sábado, 25 de Maio de 2019
ECONOMIA

Com produção concentrada em Manaus, polo óptico recupera crescimento

Em 2017, o crescimento das armações de óculos com lentes corretivas foram maiores do que óculos de proteção solar. As armações cresceram 9,5% e óculos de proteção solar 7,8%



oftal.JPG
Na região Norte temos um mercado óptico importante que representa 13% em relação ao mercado geral no Brasil (Arquivo AC/Aguilar Abecassis)
09/04/2018 às 08:50

O setor óptico no Brasil vive sinais de recuperação e reinvenção. E o Amazonas é muito importante neste cenário de evolução, pois no Polo Industrial de Manaus são produzidas armações de óculos e lentes. Apesar dos números negativos nos anos de 2014 a 2016, em 2017 o setor fechou com um saldo positivo de 12% e para este ano o setor estima fechar o ano em 5%, segundo informações do presidente da Associação Brasileira da Indústria Óptica (Abióptica), Bento Alcoforado. 

“Na região Norte, temos um mercado importante que representa 13% em relação ao mercado geral. Nossa maior concentração é no Amazonas e no Pará. Inclusive o per capita em 2017 do Amazonas é maior do que o do Pará”, explica Alcoforado.

O presidente da Abióptica acredita que no final do ano haja retenção nos investimentos e consumo por conta das incertezas no cenário político. “Hoje os indicadores são bons: inflação baixa, dólar estável, fundo baixo, piso positivo, mas o efeito de consumo e investimentos deve ser contido por conta da dúvida de quem será eleito”, disse Alcoforado.

A indústria e o varejo apostam em inovação, tecnologia e diversificação de mercado para se adaptar ao novo contexto. 

“A maior evolução está sendo em lentes oftálmicas e de as contato. E os óculos de proteção solar têm importância significativa com atuação em proteção solar, além de ser uma questão de moda e comportamento”. 

Em 2017, o crescimento das armações de óculos com lentes corretivas foram maiores do que óculos de proteção solar. As armações cresceram 9,5% e óculos de proteção solar 7,8%.

‘A hora é agora’

Nos dias 10 e 13 de abril de 2018 no Transamérica Expo Center, em São Paulo, ocorre o maior evento óptico da América Latina.  A 16ª edição abordará o tema “a hora é agora”, uma referência ao mercado óptico que nos últimos meses recuperou seu crescimento e vem somando números positivos de forma acelerada. 

“Na exposição vamos ter palestras e cursos de como obter o melhor atendimento, de como organizar uma vitrine e atrair o consumidor. E também vamos orientar em como ajudar o cliente a escolher um produto no formato rosto”, diz.

O evento reunirá importantes marcas nacionais e internacionais. “A expectativa é aumentar em 10% o valor de negócios gerados na exposição em relação ao ano passado. Além disso, espera-se mais de 13 mil visitantes e mais de 16 mil visitações” destaca Bento.

Clube Abióptica 

A iniciativa é uma plataforma de serviços que oferecerá vantagens aos micro e pequenos varejistas, como descontos em produtos ópticos e outros inúmeros serviços, tais como planos de saúde, passagens aéreas, hospedagem, locação de veículos, entre outros. A adesão pode ser realizada durante a Expo Abióptica e o empresário já poderá sair usando os benefícios. A meta, durante a exposição, é cadastrar cerca de sete mil empresas do varejo óptico.

“Ele faz a adesão e automaticamente terá acesso a todos os fornecedores. Neste ano eles não pagarão nada. Acreditamos que se o varejo está bem, todo o setor está bem”, revela o empresário.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.