Publicidade
Cotidiano
GASTOS

Com o custo alto da cesta junina, educadora financeira ensina a poupar

A cesta de produtos de festa junina teve aumento de custo de 2,7% entre 2016 e 2017, segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas 26/06/2017 às 05:00
Show 1241629
“É importante fazer um planejamento financeiro antes de organizar a festa junina”, orienta a educadora financeira, Glauce
Rebeca Mota Manaus (AM)

Quando se pensa em festa junina, o que não pode faltar? Comida típica, roupa xadrez e decoração devem entrar na lista, mas saiba que em todos estes itens é possível economizar. Como os brasileiros adoram uma festa, mas passam por um momento econômico delicado aí vão algumas dicas de como não gastar tanto neste período, mas ainda assim curtir bastante o mês de festas!

Custo da Cesta junina A cesta de produtos de festa junina teve aumento de custo de 2,7% entre 2016 e 2017, segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Apesar do aumento, os produtos juninos tiveram uma inflação abaixo da média do Índice de Preços ao Consumidor, que acumula taxa de 4,05% em 12 meses.

Entre os itens com maiores aumentos de preço estão o fubá de milho (17,83%), a farinha de mandioca (16,81%), o bolo pronto (14,13%), milho de pipoca (13,43%), queijo minas (13,34%) e queijo coalho (11,90%).

Dos 26 itens pesquisados, apenas cinco tiveram queda nos preços entre os festejos juninos de 2016 e as festas deste ano: a batata inglesa (-45,63%), couve (-7,52%), mandioca (-5,90%), farinha de trigo (-4,47%) e o óleo de soja (-1,83%).

Compare preços

Para a especialista em Educação Financeira, Glauce Galúcio, a diferença de preço de um mesmo item, como bandeirinha, toalha de mesa e traje junino típico, pode variar bastante de uma loja para outra. Por isso, é necessário comparar os valores cobrados antes de adquirir qualquer produto. Considere ainda a possibilidade de fazer compras em grandes quantidades para conseguir descontos. Comprar alguns produtos com antecedência também pode fazer a diferença, já que os itens juninos costumam ficar com preços mais altos com os arraiás.

“Atente-se aos excessos na hora de comprar, evitando não apenas o desperdício de dinheiro, mas também de alimentos. Para ter itens frescos e mais baratos, opte em ir à feiras livres dias antes das celebrações”, orienta Galúcio.

Planeje

Seja qual for a situação, a regra para usar bem dinheiro é planejar-se. Antes de começar a colocar a festa em prática, tem que ser feito uma lista de convidados e pensar na estrutura.

“É importante que faça um planejamento, pois sem ele as dívidas feitas agora podem se arrastar por meses, comprometendo todo o orçamento”, diz.

Cozinhe

A grande atração da Festa Junina são as comidas. Mas ao invés de comprá-las prontas é possível economizar com um pouco de tempo dedicado à cozinha.

“Faça encomendas e contrate buffet desde que esteja dentro do orçamento. Mas para reduzir custos é necessário fazer em casa juntamente com a família. Será muito mais divertido e prazeroso”, explica.

Reutilize

Antes de sair comprando tudo, também é importante dar uma olhada no armário e ver o que pode ser reutilizado. Fantasias de anos anteriores, roupas que podem ser customizadas e adaptáveis são opções.

“O período é festivo e de confraternizações, portanto é importante que as pessoas não se deixem levar pelo calor do momento e respeitem seu padrão de vida, agindo com consciência”, destaca.

Crie a lista de músicas

Contratar um DJ para animar a festa junina certamente valoriza o evento, mas, por outro lado, também pode pesar no bolso. Para economizar, crie uma lista de músicas para embalar a festança usando aplicativos como iTunes e Spotify.

Aposte em rifas e sorteios

Realizar rifas e sorteios entre amigos é uma forma eficaz de cobrir parte dos custos da festa e, de quebra, já criar um clima para o grande evento. Os prêmios não precisam ser caros: o importante é estimular a o clima de brincadeira.

Publicidade
Publicidade