Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Reforma de feiras

Com um orçamento de mais de R$ 30 milhões, 29 feiras serão reformadas em Manaus

A execução dos convênios será da Unidade Gestora de Projetos Especiais (GPE) e do Governo do Amazonas, que fará o repasse e o acompanhamento das obras junto ao município



a46e397f-45e7-42ba-99cb-ef9a8f2a2f7c_A1B6B004-768F-4AF7-A5A2-485A311A2AE3.jpg Assinatura do convênio aconteceu na manhã desta quarta-feira (1º). Foto: Junio Matos
01/12/2021 às 09:44

Mais de R$ 30 milhões serão destinados para reforma de 29 feiras e mercados da capital amazonense e construção de contenções de erosão em dois pontos da Zona Norte de Manaus.

A assinatura dos dez convênios que destinam o investimento foi realizada na manhã desta quarta-feira (1º), na Feira Modelo da Compensa, localizada na avenida Oscar Borel, que possui 180 permissionários. Esta feira inclusive está presente no pacote de reformas.

A execução dos convênios será da Unidade Gestora de Projetos Especiais (GPE) e do Governo do Amazonas, que fará o repasse e o acompanhamento das obras junto ao município. Cerca de R$ 24,8 milhões serão destinados para as reformas destas 29 feiras e mercados, como a Manaus Moderna, Feira Municipal da Banana e Feira Municipal da Panair.

Segundo o prefeito de Manaus, David Almeida, o objetivo é realizar a reforma de 34 feiras e mercados no período de um ano e meio; e 43 até o final de sua gestão. Almeida ressalta que durante a reforma, as atividades serão mantidas para não prejudicar os permissionários.

"Já existe um cronograma de como será realizada esta reforma. Vamos criar estruturas paralelas para que as feiras continuem atuando ao mesmo tempo que nós possamos melhorar as condições de trabalho e assim entregar de maneira satisfatória à a população e aos feirantes", descreve o prefeito.

David Almeida acrescenta ainda que as obras de reforma devem começar no final do mês de janeiro de 2022.

"Já estamos com processo licitatório em curso. Finalizado isso, já daremos a ordem de serviço da primeira reforma que deve acontecer até o final do mês de janeiro do ano que vem", acrescentou.

 

Contenção de erosão

 

Além disso, na ocasião também foram assinados dois convênios para a construção de contenções e taludes para evitar erosões, e de praças, que totalizam R$ 6 milhões. Um deles, no valor de R$ 2,7 milhões, será construído no conjunto Francisca Mendes; e o outro no valor de R$ 3,3 milhões, no bairro Cidade Nova - ambos na Zona Norte da capital.

De acordo com o governador do Amazonas, Wilson Lima, a ideia é prosseguir com a assinatura de convênios deste porte para a capital. Lima ressaltou que R$ 190 milhões já foram repassados à Prefeitura de Manaus para dar início às obras na capital.

"Vamos continuar assinando esses convênios que entram no ano de 2022. Mas com o recurso que repassamos de R$ 190 milhões, a prefeitura já deve iniciar o processo de contratação, seja por meio de adesão a ata ou licitação. Para que logo logo esse trabalho de recuperação das ruas, feiras e outras destinações que terão esses recursos, sejam iniciados e entregues", afirmou Lima.

 

Variante Ômicron

 

Questionado sobre a realização do Réveillon 2022 e o Carnaval de Manaus, David Almeida voltou a dizer que até a próxima terça-feira (7) deverá anunciar o posicionamento se as atividades serão mantidas ou canceladas.

"Com o próprio governador disse: em 21 dias no mês de novembro não tivemos nenhum óbito de Covid-19. Temos dois casos desta variante no Brasil. A própria OMS pede para que o povo não faça alarde. Nós temos responsabilidade com a população. Não faremos nada que ponha em risco a vida e a saúde da população", respondeu Almeida.

Wilson Lima aproveitou o momento para pontuar que o Amazonas não apresentou aumento de casos após a realização de eventos-testes com mais de 15 mil pessoas na capital.

"Não tivemos nenhum acréscimo de casos após esses eventos. Especificamente sobre a questão dessa nova variante, estivemos nos últimos dias reunidos no nosso comitê para avaliar a propagação dela pelo mundo", disse o governador.

"Em todos os casos registrados, não há nenhum dado de agravamento ou óbito. De qualquer forma, estamos monitorando as entradas na capital e em todo o Estado. Reforçamos o monitoramento no aeroporto e nos principais portos da capital", acrescentou Lima.



News b9c859f0 b845 415e 97aa d9fe4eb65dc1 96581f6b 36a1 4a7c a5d9 8f8c56b0b256
Repórter de A Crítica
Amazonense, nascido e criado em Manaus. Graduado em Jornalismo e mestrando em Antropologia Social, ambos pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.