Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Notícias

Comissão de Educação deverá debater má qualidade da internet nas cidades do interior

A solicitação é do senador Donizete Nogueita (PT-TO) que propõe que o colegiado discuta a má qualidade dos serviços de internet em cidades do interior


01/06/2015 às 18:05

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) reúne-se nesta terça-feira (2) para análise de uma pauta com oito itens. Entre eles, está a solicitação do senador Donizete Nogueira (PT-TO) para que o colegiado discuta a má qualidade dos serviços de internet em muitas cidades do interior e na área rural do país.

— Meninos e meninas que moram no campo ou em cidades do interior encontram extremas dificuldades no acesso à internet e consequentemente ao SISU [Sistema de Seleção Unificada] e às universidades públicas.

O SISU é o sistema por meio do qual o Ministério da Educação gerencia a oferta de vagas em Universidades Públicas para candidatos participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Para a audiência, o senador solicita a presença de representantes dos Ministérios da Educação, da Ciência e Tecnologia, das Comunicações e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Futebol

Também consta da pauta o pedido do presidente da comissão, senador Romário (PSB-RJ), para que o colegiado discuta renúncias fiscais e isenções tributárias com as quais a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) possa ter sido beneficiada.

— É importante que o cidadão tenha uma clara noção de que a CBF pode beneficiar-se no que diz respeito a isenções tributárias ou renúncias fiscais, assim como se a entidade usufruiu ou não destes benefícios nos últimos anos.

Para esta audiência, o senador requer a presença do secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, e do presidente da Junta Comercial do Rio de janeiro, Carlos de la Rocque, entre outros convidados.

Outro item que poderá ser votado na reunião de terça-feira é o relatório do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) que aprova a criação do Fundo Nacional de Legado Olímpico e Paralímpico.

A proposta, de autoria de Romário, determina que os recursos deverão ser destinados a projetos nas áreas de educação e de alto rendimento olímpicas e paralímpicas, visando à manutenção da a infraestrutura criada no Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos de 2016.


publicidade
publicidade
SEC oferece 'Vivências de Regência de Ópera' para alunos da UEA
No Dia do Livro Infantil, escritora dá dicas para incentivar a leitura
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.