Publicidade
Cotidiano
POLÍTICA

Comitê entrega carta-compromisso de candidatos ao governo do AM ao Ministério Público

Entre os compromissos de campanha assumidos pelos candidatos nestas eleições estão o combate à corrupção e ao caixa dois durante o processo eleitoral e nas gestões públicas 17/09/2018 às 15:34
Show comit  bbd6ef5b 84d5 4ea4 b00d 04c889f92f84
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Em audiência que contou com a participação do procurador-chefe, Fábio Monteiro e a da procuradora eleita, Leda Mara, do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM), representantes de entidades do Comitê Estadual de Combate à Corrupção e Caixa Dois realizaram, nesta segunda-feira (17), a entrega da carta-compromisso dos candidatos a governador e vice no Estado nas eleições de 7 de outubro. A atividade ocorreu pela manhã, na sala de reunião do  órgão ministerial, em Manaus.

Entidade representativa da sociedade civil, o Comitê propôs a reunião com o propósito de realizar a entrega das cartas-compromissos assinadas pelos  candidatos majoritários, com exceção do candidato do PSTU, que disputam as eleições 2018. A finalidade é fazer que o órgão ministerial possa acompanhar a efetivação dos compromissos assumidos em campanha eleitoral com o eleitor e de possíveis ações judiciais, caso os mesmos não sejam honrados. 

Entre os compromissos de campanha assumidos pelos candidatos nestas eleições estão o combate à corrupção e ao caixa dois durante o processo eleitoral e nas gestões públicas, a transparência quanto a arrecadação e gastos públicos e o desenvolvimento com geração de emprego e renda na capital e interior do estado. Para o comitê, também, se constitui como importante o fortalecimento da democracia, a gestão participativa da sociedade nos planos de governos, com definição de prioridades no orçamento anual e na elaboração das políticas públicas. 

Parceria

As entidades do comitê entendem que as atividades de fiscalização desenvolvidas junto aos candidatos, partidos e coligações, desde eleições anteriores, colaboram para a conscientização do eleitor e, de forma ampla, somam para que as eleições sejam livres e limpas, de respeito ao desejo expresso nas urnas pelos cidadãos em  sociedade. Portanto, considera fundamental, que o Ministério Público Estadual, na expressão maior de seus procuradores e procuradorias, exerça o seu papel institucional de vigilante dos interesses públicos e colaborador da justiça e da democracia no Amazonas.

Entidades do Comitê

O comitê é formado pela Ordem dos Advogados do Brasil, seção Amazonas; Federação Nacional dos Jornalistas - Fenaj; Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB (Norte1), Conselho Regional de Administração – CRA/AM, Conselho Regional de Contabilidade – CRC, Conselho Regional de Economia – Corecon, Sindicato dos Fazendários do Amazonas. O comitê de Combate à Corrupção e Caixa Dois no Amazonas é ligado ao Movimento Nacional de Combate à Corrupção Eleitoral - MCCE.

Publicidade
Publicidade