Publicidade
Cotidiano
Veículos

Concessionárias investem em qualificação de suas equipes e reforçam serviço de pós-venda

Serviços como revisão automotiva programada, alinhamento e balanceamento, troca de óleo, venda de peças, acessórios, pneus e funilaria estão entre os mais demandados pelos donos de carros 04/04/2016 às 03:00
Show 1065471
O cliente da Audi Center Manaus tem atendimento VIP e agilidade na manutenção do seu carro. A satisfação gera a fidelidade à marca (Clóvis Miranda)
Cinthia Guimarães Manaus (AM)

Comprar ou trocar de carro é um plano que os brasileiros estão deixando pra depois por conta da crise político-econômica que encareceu o crédito ao consumidor e a confiança dos empresários. 

Como um ‘analgésico’ para combater a queda nas vendas, as concessionárias de automóveis estão usando estratégias promocionais para atrair compradores, especialmente reforçando seu pós-venda a fim de não perder clientela. Isso inclui reforço na equipe de vendas, atendimento de excelência, mecânica capacitada, agilidade na entrega do serviço e maior estoque de peças.

Serviços como revisão automotiva programada, alinhamento e balanceamento, troca de óleo, venda de peças, acessórios, pneus e funilaria estão entre os mais demandados pelos donos de carros.

O diretor de Pós-Vendas da ABRAHY e titular da concessionária HMB Pole Position, de Manaus/AM, Luiz Henrique dos Santos Albuquerque, ressalta que o pós-venda é um departamento responsável por boa parte das receitas nas operações das redes. 

Presidente do Grupo Braga - que engloba três concessionárias das marcas Chevrolet, Mini Cooper e BMW - o empresário João Braga Neto diz que o pós-venda sempre foi o ‘carro chefe’ do negócio. “Sempre acreditamos na importância do pós-venda para fidelizar o cliente, independente de crise e queda nas vendas. Oferecemos preço justo e satisfação do cliente para sempre voltar à oficina”, destaca Braga Neto.

A diretora do grupo Garcia, também revendedora Chevrolet em Manaus, acredita que o volume de atendimento do pós-venda sustenta a rentabilidade das empresas neste momento de crise. “Primeiro o carro é vendido show room e depois oficina. Com o pós-venda, procuramos manter aquele cliente, por isso investimos na qualificação da nossa equipe, pesquisa de satisfação e na nossa estrutura”, elenca.

A eficiência no serviço de mecânica para marcas de luxo é o destaque da Pole Position há mais de 20 anos, grupo de concessionárias em Manaus da qual a Audi faz parte.
À frente da Audi Manaus - que abriu as portas na cidade em 2015- Túlio Dornelas preza elo bom atendimento ao cliente. “Oferecemos entretenimento, wifi, cafezinho e tudo mais para que o cliente se sinta em casa para esperar”, enfatiza Túlio.

Dornelas responde o que é satisfação ao consumidor. “O que é um bom pós-venda? Para o cliente é ter atendimento personalizado e resolvendo o problema dele na primeira vez. O processo funciona como linha de produção. O cliente precisa receber o carro dele novo em condições ótimas”, explica.

Cenário

Segundo a Fenabrave, o Amazonas vendeu 4.633 veículos entre janeiro e fevereiro deste ano, 6,07% a menos que o mesmo período de 2015 quando foram comercializados 7.118 veículos novos. A conta inclui as categorias automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas e implementos rodoviários. A redução nas vendas no varejo reflete a queda na produção da indústria automobilística e menos emplacamentos.

Publicidade
Publicidade