Publicidade
Cotidiano
Notícias

Concurso da Suframa terá 154 vagas

De acordo com a portaria do MPOG, o provimento dos cargos deverá ocorrer a partir de julho de 2013 e estará condicionado, dentre outros critérios, a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual (LOA) 22/06/2013 às 12:00
Show 1
O superintendente ressaltou que o concurso vem no momento certo, considerando justamente o fato de que a autarquia vivencia um momento de carência em seu quadro de pessoal
Jornal A Crítica Manaus

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) publicou no Diário Oficial da União de ontem a Portaria nº 218, de 20 de junho de 2013, autorizando a realização de concurso público e o provimento de 154 postos do Plano Especial de Cargos da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). As oportunidades estão distribuídas em cargos de nível superior (117 vagas), em áreas como Engenharia e Economia, e cargos de nível intermediário (37 vagas).

De acordo com a portaria do MPOG, o provimento dos cargos deverá ocorrer a partir de julho de 2013 e estará condicionado, dentre outros critérios, a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual (LOA).

A extinção de 200 postos de trabalho terceirizados da Suframa, ocorridaem maio deste ano, foi apontada como uma das contrapartidas para a publicação da portaria. Os servidores demitidos eram técnicos e pertenciam à Fundação Centro de Análise Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), com a qual a autarquia tinha um contrato de tercerização de mão de obra.

Própria suframa

De acordo com a publicação do DOU, a responsabilidade pela realização do concurso público será da própria Suframa, que terá prazo de seis meses para publicar o edital de abertura do certame.

Detalhes como remuneração, conteúdos programáticos, atribuições dos cargos, lotação e locais e datas de realização das provas, entre outros, serão disponibilizados no edital, quando de seu lançamento.

De acordo com a sua assessoria de imprensa,  a Suframa  trabalha, desde já, na composição da comissão que ficará responsável por organizar todos os procedimentos e etapas do concurso público.

“Deveremos estar, até meados de julho próximo, definindo a comissão que vai cuidar do edital. Espero, no máximo em dois meses, a contar desta definição, estar com o edital na rua”, disse o superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira.

O superintendente ressaltou que o concurso vem no momento certo, considerando justamente o fato de que a autarquia vivencia um momento de carência em seu quadro de pessoal decorrente do suspensão do contrato com a Fucapi. “Estamos com carência de profissionais, sobretudo após o desligamento de grande parte dos funcionários terceirizados. Esse concurso vai ajudar a reajustar nosso quadro de servidores”, afirmou.

Publicidade
Publicidade