Publicidade
Cotidiano
Certame

Concurso do Ministério da Saúde é anunciado e conta com 21 vagas para o Amazonas

As vagas são para os cargos de administrador, contador e analista técnico de políticas sociais. Esta última destinada para qualquer formação em nível superior. A inscrição pode ser feita a partir do dia 5 de dezembro e custa R$ 67 28/11/2016 às 11:04
Show  ndios
Há vagas destinadas ao DSEI do Alto Rio Solimões (Tabatinga). Foto: Reprodução/Internet
acritica.com Manaus (AM)

O Ministério da Saúde lançou nesta segunda-feira (28) um concurso público com 102 vagas para vários estados do País, sendo 21 destinadas para o Amazonas, em cargos de nível superior, com salários que podem chegar a R$ 6,2 mil. Estão disponíveis vagas para administrador, contador e analista técnico de políticas sociais. Este último cargo é disponível para qualquer formação de nível superior.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e a remuneração inicial varia de 4.784,27 para administrador e contador; e R$ 5.744,88 para analista técnico de políticas sociais. Os aprovados irão ganhar também um auxílio alimentação no valor de R$ 458. Desta maneira, o salário pode chegar a R$ 6.202,88 – no caso do cargo de analista técnico de políticas sociais.

Vagas para o AM

No Amazonas, as 21 vagas estão distribuídas nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) de Manaus, Alto Rio Negro (São Gabriel da Cachoeira), Alto Rio Solimões (Tabatinga), Médio Rio Purus (Lábrea), Médio Solimões e Afluentes (Tefé), Parintins (Parintins) e Vale do Rio Javari (Atalaia do Norte). No ato da inscrição, o candidato deve optar pelo DSEI de sua preferência.

Há vagas destinadas também para os estados de Alagoas, Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Tocantins.

Avaliação

O certame é realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (IDECAN) e consistirá de provas objetivas de múltipla escolha e discursivas para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; e avaliação de títulos somente para o cargo de analista técnico de políticas sociais, de caráter apenas classificatório.

As provas objetivas e discursivas acontecerão em 19 de fevereiro de 2017 e serão compostas por 50 questões nas disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos do cargo, mais um estudo de caso.

Período da inscrição

As inscrições devem ser feitas por meio do site www.idecan.org.br, a partir das 14h do dia 5 de dezembro até 5 de janeiro de 2017. A taxa de inscrição é de R$ 67 e deve ser paga por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).

O concurso tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, contado a partir da data de homologação do resultado final.

Publicidade
Publicidade