Publicidade
Cotidiano
Notícias

Concurso público: Ministério do Trabalho e Emprego pagará salário inicial de R$ 14,2 mil

Edital do certame que oferecerá 100 vagas foi lançado nesta segunda-feira (01). Haverá provas em todas as capitais e no Distrito Federal 02/07/2013 às 09:19
Show 1
MTE reforçará seu quadro de auditores do Trabalho, segundo a necessidade das superintendências regionais
acritica.com ---

Foi publicado nesta segunda-feira (01) no Diário Oficial da União (DOU) edital do concurso que o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) realizará para contratar 100 auditores do trabalho, aos quais pagará remuneração inicial de R$ 14,2 mil, para jornada de 40 horas semanais.

Ainda sobre concurso público, na sexta-feira, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), através do conselheiro Wellington Cabral Saraiva, autorizou o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) a retomar o certame para juiz substituto.

MTE

Para concorrer a uma das vagas do MTE, o candidato preciso ter graduação em qualquer área em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. O certame é nacional e os aprovados serão alocados segundo a necessidade dos superintendências regionais do Trabalho.

O concurso será realizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB). As inscrições custam R$ 130 e serão realizadas no período entre 10h do dia 8 de julho de 2013 e 23h e 59 minutos do dia 29 de julho de 2013, observado o horário oficial de Brasília/DF, no site www.cespe.unb.br/concursos/mte_2013.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 8 de setembro e as discursivas no dia 6 de outubro nas 26 capitais e no Distrito Federal. A seleção abrangerá provas discursivas e objetivas, além de sindicância de vida pregressa do candidato. 

A distribuição das vagas entre as unidades administrativas do Ministério do Trabalho e Emprego, para fins de lotação dos candidatos aprovados, será divulgada em ato do MTE, após homologação do resultado final do concurso, mediante o levantamento das unidades prioritárias, podendo recair sobre as Gerências Regionais do Trabalho e Emprego (GRTE) ou Sede das Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego (SRTE).

Juiz substituto

Autorizado pelo CNJ, o TJ-AM agora poderá acionar a Fundação Getúlio Vargas (FGV), empresa responsável pela realização de seu certame, para que  divulgue, ainda essa semana, a nova data para a prova do concurso de juiz substituto.

As provas, que deveriam acontecer no dia 5 de junho, tiveram que ser suspensas devido a uma decisão do CNJ com base em supostas irregularidades, entre elas, vínculo de membros da comissão do concurso com candidatos e a não divulgação dos nomes titulares e suplentes que compõem a banca examinadora do certame.

Conforme o TJ-AM, o concurso para juiz de direito substituto teve 1.259 inscritos. Desse total, mais de 900 são residentes do Amazonas. São ao todo 31 vagas e tem salário inicial de R$ 19.500. A intenção é que os aprovados ajudem a acabar com o déficit de magistrados nas comarcas do interior do Estado.

Salário na Marinha é de R$ 8,1 mil

A Marinha também está com inscrições abertas para concurso com 66 vagas, todas em nível superior para o quadro de corpo de engenheiros para candidatos de ambos os sexos. O salário é de R$ 8.100. Os candidatos devem ter nível superior ou cursar o último ano da graduação e ter menos de 36 anos em 1º de janeiro de 2014.

As vagas são para as áreas de arquitetura e urbanismo, engenharia aeronáutica, engenharia cartográfica, engenharia civil, engenharia de materiais, engenharia de produção, engenharia de sistemas de computação, engenharia de telecomunicações engenharia elétrica, engenharia eletrônica, entre outras.

As inscrições custam R$ 45, iniciaram ontem e vão até o dia 30 de julho pelos sites www.ingressonamarinha.mar.mil.br e www.ensino.mar.mil.br. As provas serão aplicadas nas cidades do Rio de Janeiro, Vila Velha, Salvador, Natal, Olinda, Fortaleza, Belém, São Luís, Rio Grande, Porto Alegre, Florianópolis, Ladário (MS), Brasília, São Paulo e Manaus.

Publicidade
Publicidade