Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2020
CONCURSO

Concurso público para as polícias Civil e Militar do AM terá mais de 8 mil vagas

O anúncio foi feito pelo secretário de Segurança Pública Bosco Saraiva. O quantitativo de vagas no concurso dos Bombeiros ainda não foi definido



PM_AGORA.JPG Foto: Arquivo A Crítica
18/10/2017 às 13:10

O concurso público para as polícias Civil e Militar do Amazonas a ser realizado ainda este ano oferecerá 8.259 vagas. Deste total, serão ofertadas 5.865 vagas para a Polícia Militar (PM) e 2.394 vagas para a Polícia Civil (PC). Os números foram divulgados no início da tarde desta quarta-feira (18) pelo vice-governador e secretário de Segurança Pública do Estado (SSP-AM), Bosco Saraiva.

Somente para a função de delegado serão 338 vagas; escrivão 615 e investigador de polícia serão 1.044 vagas. Para o Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPCT), serão 150 vagas para auxiliar de perito; 32 vagas para padioleiro; 117 para perito criminal; 33 para perito legista e cinco vagas para perito odontolegista. Ainda para o DPTC serão oferecidas 60 vagas para o cargo de assistente administrativo.



Na segunda-feira, o secretário estadual de Educação, José Augusto de Melo, havia anunciado que a pasta também fará um grande concurso, com 8,1 mil vagas. Confira essa matéria clicando aqui.

Reposição de quadros

“Esse concurso é importante para a recomposição dos quadros das policias e isso vai representar um efetivo regular para o policiamento da cidade, tanto da capital quanto do interior. A situação do interior é gravíssima porque há municípios que não há policiais, e isso é uma coisa inadmissível. Nós temos em andamento um projeto de patrulhamento ostensivo da cidade e dos municípios do interior, especialmente dos grandes municípios como, Parintins, Coari, Tefé, Tabatinga, Eirunepé, Carauari. Esses municípios estão padecendo dos mesmos problemas que Manaus, quanto a criminalidade”, avaliou Bosco.

Bosco Saraiva afirmou que aguarda ainda para esta quarta-feira (18) o quantitativo de vagas que serão oferecidos no concurso para o Corpo de Bombeiros e que tão logo reúna esse número, irá encaminhar pedido para que a Procuradoria Geral do Estado inicie a confecção dos editais.

“Essa semana ainda os dados finais estão na PGE já para começar a tratar da formalização dos editais. Isso tudo já foi autorizado pelo governador Amazonino Mendes e é uma determinação dele que a gente trabalhe com rapidez”, concluiu o secretário.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.