Terça-feira, 21 de Maio de 2019
Notícias

Conflito entre Eletro-Ferro e famílias do Tarumã-Açu ganha nova proporção no AM

Justiça reintegrou posse a duas das 125 famílias retiradas de terreno no Tarumã-Açu em 2010, abrindo precedente para novos casos



1.gif
As famílias foram retiradas do terreno em disputa em 2010, após intervenção da Justiça e da Polícia Federal, que monitorava a área
19/01/2013 às 11:11

O conflito agrário envolvendo famílias do assentamento Frederico Veiga, no Tarumã Açu, e a Eletro-Ferro Construções S.A. teve mais um capítulo, em mais de dez anos de pendência jurídica. Das 125 famílias despejadas da comunidade no dia 1º de fevereiro de 2012, duas, as de João Caetano e Edgar de Souza Batista, conseguiram o direito judicial de retornar aos lotes.

O desembargador Cláudio Roessing deferiu a reintegração de posse dos dois e determinou que o juiz da 7ª Vara Cível, Rosselberto Himenes, fizesse cumprir a decisão. O resultado intrigou as demais famílias que têm processo semelhante tramitando na Justiça.

Já o advogado do restante do grupo, José Rocha Freire, entende que a decisão favorável às duas famílias pode ser a abertura que ele precisava para apostar na vitória das demais. “Esse barco estava blindado, mas agora, com esse buraco feito no casco, vai a pique. Estamos pedindo que os direitos sejam estendidos aos demais como litesconsócios (obter o mesmo direito dos dois). O juiz já me disse que vai juntar todo o processo e mandar para o Tribunal de Justiça do Amazonas. Se, no meio do furacão, dois conseguem o que todos estão requerendo, isso significa que vamos conseguir também”, animou-se o advogado.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.