Domingo, 15 de Setembro de 2019
Vantagens

Conheça benefícios de cadastro de consumidor com histórico de bom pagador

O cadastro foi regulamentado pela Lei 12.414 de 2011 e grandes empresas de análise de crédito do País, como a Boa Vista SCPC e a Serasa Experian, já trabalham com ele



1091030.jpg Fernanda Monnerat, diretora do Serasa Consumidor, espera que o serviço cresça nos próximos anos. (Divulgação)
05/06/2016 às 22:07

Em meio ao cenário desfavorável da economia nacional, um serviço que possibilita ao consumidor obter taxas e condições mais favoráveis  de crédito continua existindo à revelia de boa parte do País. O cadastro positivo, instituído como uma forma de induzir um bom comportamento para o consumidor e uma ferramenta extra para proteger as empresas da inadimplência, é um dispositivo ainda subutilizado.

O cadastro foi regulamentado pela Lei 12.414 de 2011 e grandes empresas de análise de crédito do País, como a Boa Vista SCPC e a Serasa Experian, já trabalham com ele. Seu conceito é bem simples: ele registra ações como adimplência e assiduidade de pagamentos do consumidor, consideradas boas para credores, munindo-lhe de uma boa reputação financeira na hora de pedir crédito. Em suma, a ideia é destacar os indivíduos “positivados” ao invés dos “negativados”.

“Para o consumidor que foi negativado, o cadastro fornece a oportunidade de demonstrar que ele pode ser reconhecido pelas contas que já pagou. Pelo seu hábito de pagamento, as empresas visualizam que o consumidor consegue pagar suas contas, ainda que não consiga comprovar sua renda. O consumidor tem também a possibilidade de obter crédito no momento em que ele mais precisa e com condições mais facilitadas”, destacou a gerente de produtos da Boa Vista SCPC, Maria Fernanda Ribeiro Reis Nunes.

Ela também informou que, para empresas, o serviço oferece possibilidade de crescer e investir devido a juros menores e condições diferenciadas de crédito, maior poder de negociação na hora de solicitar crédito para capital de giro, funciona como um cartão de visitas financeiro de bom pagador e avaliação de risco adequada ao seu perfil graças ao histórico de pagamentos.

O programa ainda age de maneira a reduzir o risco de superendividamento. “A informação de quanto o consumidor já tomou de crédito no mercado permite a criação de ofertas mais compatíveis com a sua real capacidade de pagamento”, explicou Fernanda Monnerat, diretora do SerasaConsumidor.

Ela ainda explicou que o cadastro positivo feito por sua empresa já conta com três milhões de participantes. A SCPC Boa Vista, que também oferece o serviço, já atingiu a marca de quatro milhões de cadastrados. Ambos os números ainda estão bem abaixo da população economicamente ativa do país, mas a expectativa é de crescimento. 

“Se considerarmos a natureza da lei brasileira, que requer a autorização prévia do consumidor e, consequentemente, um esforço de comunicação muito grande para levar os benefícios do Cadastro Positivo para toda essa massa de consumidores, o número de autorizações coletadas pela Serasa Experian pode ser considerado bom. Alguns parceiros do varejo, por exemplo, já enxergam os benefícios do serviço e estão trabalhando em parceria conosco neste processo de coleta de autorizações, com bons resultados”, disse a diretora.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.