Sábado, 24 de Agosto de 2019
Saúde

Contágio por vírus HIV entre adolescentes aumentará 60% até 2030, de acordo com Unicef

O aumento da doença se dará se não forem feitos avanços na luta contra a doença nesta faixa de idade, uma das mais vulneráveis, de acordo com a oficial de Monitoramento e Avaliação do Unicef, Emily Costa



Capturar.JPG Emily Costa (a que está falando) participou, nesta quinta-feira (1), do lançamento do aplicativo “Viva Mais App”, na sede do Governo do Amazonas (Foto divulgação)
02/12/2016 às 05:00

O contágio por vírus HIV entre adolescentes aumentará 60% até 2030 se não forem feitos avanços na luta contra a doença nesta faixa de idade, uma das mais vulneráveis. O alerta foi feito nesta quinta-feira (1º) pela oficial de Monitoramento e Avaliação do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Emily Costa. Na ocasião, ela participava do lançamento do aplicativo “Viva Mais App”, desenvolvido com o objetivo de auxiliar os jovens a tirar dúvidas sobre métodos de prevenção, diagnóstico e tratamento.

A plataforma foi lançada pelo Governo do Estado no Dia Mundial de Luta Contra Aids, comemorado nesta quinta. O evento marcou ainda a abertura das atividades do mês de luta contra a doença, “Dezembro Vermelho”, que ocorre em todo o mundo, como alerta para a prevenção e conscientização sobre o tema. Emily enfatizou a importância das parcerias nas ações de combate a Aids. “É muito importante essa participação dos vários atores no desenvolvimento de ações como essa do aplicativo”, relatou.

Este ano, o Amazonas saiu do segundo para o terceiro lugar no ranking dos Estados brasileiros com a maior taxa de detecção de Aids. Só no ano passado, foram mais de 1,2 mil novos casos da doença, que levou a óbito, no mesmo período, 299 pessoas. Os dados são do Boletim Epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, no último dia 29. O estudo mostra ao longo do tempo que, desde 2006, o Estado tem apresentado taxas de detecção superior à média nacional.

Nesta quinta, além do lançamento do aplicativo “Viva Mais App”, a Coordenação Estadual de DST/Aids e Hepatite Virais deu início a programação da campanha do “Dezembro Vermelho”, que este ano tem como tema “Eu me importo. E você?”. No Amazonas, as ações ocorrerão em todos os 62 municípios, onde as Secretarias Municipais de Saúde intensificarão o trabalho de prevenção, com oferta de testes rápidos, palestras, distribuição de preservativos masculinos e folders informativos.  

De acordo com a diretora presidente da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-VHD), Graça Alecrim, a campanha deste ano chama atenção para a mudança de atitude e comportamento da população em relação às pessoas que vivem com HIV/Aids. “Esse tema reforça a importância do acolhimento e estimula a adesão ao tratamento das pessoas com HIV/Aids. Com isso, espera-se diminuir o número de óbitos”, destacou.

Seminário
Paralelo ao lançamento do aplicativo “Viva Mais App”, aconteceu o “1º Seminário Estadual sobre Prevenção da Transmissão Vertical do HIV”. Com o tema “A importância da testagem rápida do HIV na gestante, durante o pré-natal e por ocasião do parto”, o evento foi voltado para estudantes e profissionais da área da saúde.

Funcionamento do APP
O diretor técnico da Empresa Processamento de Dados Amazonas S.A. (Prodam), Daniel Martinez, explicou que o aplicativo “Viva Mais App” está disponível para o sistema operacional Android. Um dos diferenciais do app está no fato de ser colaborativo. “O próprio usuário pode sugerir inclusão de informações e novos comandos”, enfatizou.

No “Viva Mais App”, o usuário fez o seu login e responde a um “quis”, questionário em que será possível analisar o grau de risco e vulnerabilidade do usuário em relação ao HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissível (IST).

Alem disso, o aplicativo conta com um "feed" de notícias interativo, com toda as novidades sobre HIV/Aids. O usuário também poderá saber a localização de serviços de saúde para diagnóstico e tratamento do vírus.

O aplicativo foi idealizado pela Coordenação Estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais, que atua vinculada à Fundação de Medicina Tropical Dr Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD). O projeto tem a parceria do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), por meio do programa Viva Melhor Sabendo Jovem.

Saiba mais
Durante a apresentação do “Viva Mais App”, o coordenador de pós-graduação da Escola Superior de Saúde da Universidade do Estado do Amazonas, Eduardo Honorato, falou sobre a “gamificação”, processo de aplicação de elementos e conceitos do design de jogos a situações diversas. Conforme ele, o aplicativo em questão utiliza conceitos clássicos deste método para ter acesso direto a uma população que tradicionalmente é de difícil penetração.

Programação
Dia 2:
A FMT-HVD realiza das 8h às 15h, no bairro Dom Pedro, uma blitz de prevenção, com panfletagem em frente à unidade e oferta de testes rápidos. No mesmo dia, a Associação das Prostitutas do Amazonas (Apam) realiza de 9h às 17h, um encontro de Profissionais do sexo, no Café Teatro, na avenida Sete de Setembro. A Associação Katiró distribui preservativos e folders na Policlínica Cardoso Fontes, no Centro

Dia 2 a 7: As Unidades de Saúde da Semsa, das zonas urbana e rural, realizam ações de testagem rápida, ações de educação em saúde, distribuição de insumos de prevenção (gel lubrificante, preservativos masculinos e femininos), além de ações em fábricas, feiras e escolas. 

Dia 3: A Soceama realiza um seminário de prevenção às IST/HIV/Aids e Hepatites Vierais, no horário de 8h às 14h, na Escola Professor Samuel Benchimol, no bairro São José

Dia 7: O Movimento das Cidadãs Positivas distribui preservativos e folders, de 16h às 20h, no conjunto Viver Melhor, bairro Santa Etelvina.

Dia 9: A Associação de Redução de Danos (Ardam) realiza a ação preventiva no conjunto Viver Melhor, bairro Santa Etelvina

Dia 20: A Associação Orquídia LGBT estará na Igreja São Pedro, no bairro Nova Cidade, fazendo ação preventiva

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.