Publicidade
Cotidiano
ENCONTRO

Coreias anunciam reunião para agosto de famílias separadas pela guerra

Milhões de pessoas foram separadas há quase 70 anos por guerra travada entre 1950 e 1953 22/06/2018 às 08:50 - Atualizado em 22/06/2018 às 10:43
Show reuni o
Foto: Reprodução/Internet
AFP Seul (Coreia do Sul)

Pela primeira vez desde 2015, as Coreias do Norte e do Sul concordaram, nesta sexta-feira (22), em retomar em agosto as reuniões de famílias separadas pela guerra da Coreia - informa um comunicado da Cruz Vermelha.

Os reencontros poderão acontecer de 20 a 26 de agosto no monte Kumgang, na Coreia do Norte, acrescenta a nota. 

Milhões de pessoas foram separadas há quase 70 anos por essa guerra travada entre 1950 e 1953. A maioria já morreu sem ter recebido notícias ou ter visto seus parentes do outro lado da fronteira, fechada para qualquer tipo de comunicação para a população.

A retomada dessas reuniões de família faz parte dos acordos alcançados durante o determinante encontro em abril entre o líder norte-coreano, Kim Jong Un, e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in. "Serão selecionados 100 participantes de cada lado da fronteira", indica o comunicado conjunto intercoreano.

Na próxima semana as autoridades começarão a buscar um lugar para essas reuniões, segundo a mesma fonte.

Apenas 57.000 pessoas das registradas pela Cruz Vermelha sul-coreana para um reencontro com seus parentes ainda estão vivas, e a maioria tem mais de 70 anos.

Para os felizardos que conseguirem ser escolhidos, os encontros são um momento de forte emoção.  Depois de décadas de separação, os reencontros duram três dias e terminam com um adeus que pode ser o último.

O programa de reuniões familiares começou depois de uma histórica cúpula intercoreana em 2000. 

Inicialmente aconteciam todos os anos, até que a tensão na fronteira entre as duas Coreais fez com que se tornassem cada pouco frequentes.

A Coreia do Norte foi acusada durante muito tempo de usar a questão das reuniões de famílias dividida com fins políticos, rejeitando as propostas para que fossem regularizadas ou cancelando-as no último momento.

Publicidade
Publicidade