Publicidade
Cotidiano
alvo de inquérito

Coronel Marcus James Frota é exonerado do cargo de Comandante Geral da PM-AM

O militar estava afastado desde meio, quando foi revelado que ele é um dos investigados por suposto esquema de uso da PM para beneficiar o governador José Melo na eleição de 2014. Em seu lugar, assume coronel Augusto Farias 25/06/2016 às 12:28 - Atualizado em 25/06/2016 às 12:33
Show gilson melo
(Foto: Arquivo/AC)
acritica.com Manaus (AM)

O coronel Marcus James Frota Lobato foi exonerado do cargo de Comandante Geral da Polícia Militar do Amazonas. A decisão do governador José Melo (Pros) foi .publicada na edição desta quinta-feira (23) do Diário Oficial do Estado (DOE-AM).

A exoneração ocorre após denúncias da imprensa nacional de um suposto esquema de uso da PM nas eleições de 2014 para beneficiar o governador José Melo. O caso é investigado pelo Ministério Público. James foi apontado como um dos articuladores do esquema. O coronel James Frota estava afastado do posto desde o dia 11 de maio. Interinamente, o posto foi ocupado, até esta quinta-feira, pelo coronel Rubens Sá.

Agora, assume o Comando Geral o coronel Augusto Sérgio Farias Pereira. A decisão foi publicada na mesma edição do DOE-AM que trouxe a exoneração de James Frota.

Outras trocas

Ainda no decreto, outras exonerações na PM foram expedidas. O coronel Euler Carlos de Souza Cordeiro foi exonerado do cargo de Corregedor Auxiliar da Corregedoria Geral da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e nomeado para exercer o cargo de Subcomandante Geral da Polícia Militar do Amazonas. Euler assume a corregedoria no lugar do coronel Rubens de Sá Soares, também exonerado.

Publicidade
Publicidade