Publicidade
Cotidiano
FESTIVIDADES

Corpo de Bombeiros contabiliza 127 ocorrências durante o Carnaval no Amazonas

Os registros foram dos mais variados tipos, desde atendimento pré-hospitalar, princípio de incêndio e salvamento veicular. 102 ocorrências foram registradas em Manaus e 25 no interior 14/02/2018 às 18:29
Show corpo de bombeiros 222
Um idoso foi atendido durante o desfile das escolas de samba (Foto: Divulgação/CorpodeBombeiros)
acritica.com* Manaus (AM)

Ao menos 127 ocorrências foram contabilizadas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) durante a operação, ‘Carnaval Seguro’, desencadeada pela Secretaria de Segurança Pública durante o período de festividades em Manaus e no interior do Estado.

Dessa contabilidade, 102 ocorrências foram registradas na capital e 25 no interior. Os registros foram dos mais variados tipos, desde atendimento pré-hospitalar, princípio de incêndio e salvamento veicular em acidente de trânsito.

Somente no Centro de Convenções em Manaus, localizado na avenida Pedro Teixeira, foram 12 atendimentos, sendo nove de atendimento pré-hospitalar e três ocorrências de princípio de incêndio.

De acordo com o Comandante Geral do CBMAM, Coronel QOBM Mauro Freire, coube ao Corpo de Bombeiros tanto o atendimento das ocorrências quanto as ações preventivas. “Acompanhamos todos os dias e os mais variados blocos de carnaval ocorridos na capital. A Diretoria de Atividade Técnica se fez presente para autuações sempre que fosse necessário, conforme determinação do Vice Governador Bosco Saraiva”, disse a autoridade militar.

Mauro Freire frisou ainda a importância da vistoria durante os eventos. “Mesmo havendo feito reuniões com organizadores de blocos festivos e com a documentação regularizada, é necessário realizar essas visitas, pois acima de tudo, trabalhamos com vidas e em eventos com grande aglomeração de pessoas, todo o cuidado é pouco!”, salientou o Comandante Geral.

Ocorrência

 Durante desfile das escolas de samba do grupo de acesso, um idoso de 61 foi atendido por uma equipe de Bombeiros Militares, segundo o Aluno Sargento Wilson Ferreira, a equipe fazia ronda no sambódromo quando foram acionados. “Um conhecido do idoso acionou a equipe informado que a vítima era hipertensa e estava passando mal, rapidamente efetuamos os primeiros cuidados, em seguida repassamos para a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para os procedimentos cabíveis”, explicou.

A Operação

 Ação integrou todas as instituições que compõe o Sistema de Segurança Publica Estadual, cabendo ao CBMAM, a responsabilidade pelas atividades preventivas de fiscalização e autuação de eventos que estivesse fora das regulamentações exigidas pelo Corpo de Bombeiros.

*Com informações de assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade