Terça-feira, 15 de Junho de 2021
Todos pelo Isaque

Criança com 14% de funcionamento dos rins precisa de ajuda para custear tratamento em São Paulo

Lutando com uma doença renal há 8 anos, o pequeno Isaque, 12, precisou viajar para São Paulo em busca de tratamento



WhatsApp_Image_2021-05-13_at_17.58.32_86F5B7A0-6137-499B-9491-EECAAF36E66B.jpeg Foto: Arquivo Pessoal
13/05/2021 às 17:54

Aos quatro anos de idade, o pequeno Isaque Emanuel Gama Oliveira, descobriu que sofria de uma doença renal, de evolução crônica, a chamada Síndrome Nefrótica, que se caracteriza principalmente pela perda da capacidade dos rins em reter proteínas filtradas na urina. Hoje, com 12 anos de idade, Isaque continua lutando pela vida, e para isso, precisou viajar para São Paulo em busca de tratamento.

Para custear o tratamento e a estadia dele e de sua mãe, Juliana Pereira Gama, em São Paulo, amigos e familiares se uniram numa corrente de amor e solidariedade, e criaram uma ‘vakinha online’ para arrecadar doações, que podem ser feitas através deste LINK. A mãe de Isaque, Juliana, de 37 anos, trabalhava como auxiliar de cozinha, mas precisou largar o emprego para se dedicar integralmente ao filho. 



Juliana conta que durante esses oito anos de tratamento, Isaque já passou por diversos médicos, alguns tratamentos, inclusive, tiveram que ser interrompidos porque o médico que acompanhava Isaque saiu do sistema de saúde público para o privado, e ela não teve como pagar e dar continuidade ao tratamento. Hoje, Isaque está com apenas 14% de funcionamento dos rins.

“Ele ficou algum tempo sem tratamento porque eu não conseguia médico pra ele em Manaus. Quando ele voltou, a situação dele foi agravando cada vez mais. Agora evoluiu pra [doença] renal crônica, ele já teve convulsões por conta de pressão alta, ele tem uma hipertrofia vascular, intravascular no coração, e ele é hipertenso também”, contou Juliana.

Isaque precisa se submeter a diversas sessões de diálise, uma espécie de filtragem artificial dos resíduos do sangue e do excesso de líquido do corpo, processo que é necessário quando os rins não estão funcionando de forma adequada. Além disso, ele também precisa de um transplante de rim, que não há previsão de cirurgia porque ainda não há um doador compatível. Mas, segundo a mãe de Isaque, a força dele durante o tratamento é tão grande que contagia a todos. 

“Ele me ensinou a ter força, porque por mim mesma, eu não aguento. Mas, eu vejo assim, a força dele é tão grande, ele é uma criança sorridente, que toma os remédios, ele é bonzinho pra tomar os remédios, faz tudo direitinho, ele vive sendo furado, mesmo sentindo dor ele diz 'mamãe eu te amo', antes de dormir, todas as noites. Ele é o meu porto seguro, ele tem me ensinado a ser forte”, disse a mãe de Isaque.


Mais de Acritica.com

15 Jun
WhatsApp_Image_2021-06-15_at_20.54.40_91E6878E-6D07-4166-9A69-6811292E621D.jpeg

Homem é morto a tiros e outro fica ferido na Compensa

15/06/2021 às 21:03

Felipe Siqueira Pereira, 30, foi morto a tiros na rua Cristo Rei, situada no bairro Compensa, Zona Oeste da cidade, na noite desta terça-feira (14). O primo dele, Wilian Siqueira Pereira, 36, foi atingido por disparos de arma de fogo ao entrar em luta corporal contra o assassino no intuito de salvar o familiar. 


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.