Publicidade
Cotidiano
Notícias

Cuidados simples podem evitar acidentes em escadas rolantes, principalmente entre crianças

Carrinhos de bebês são um dos maiores inimigos de escadas rolantes: neste caso, as mães devem transportar os carrinhos pelos elevadores. Em caso de acidente, a melhor alternativa é aguardar a chegada de ajuda especializada, evitando o desespero 19/11/2014 às 09:56
Show 1
Ao longo deste ano, duas crianças se acidentaram enquanto brincavam na entrada da escada rolante. Felizmente, as duas sobreviveram
acritica.com* Manaus (AM)

Ações e cuidados simples podem evitar acidentes ocorridos em escadas rolantes, que continuam apresentando incidentes as vezes trágicos, principalmente com crianças. As crianças pequenas devem ser mantidas no colo até o final do percurso na escada, nunca devem sentar nos degraus.

Outra dica importante é não deixar as crianças andarem pelo sentido contrário ao do movimento da escada nem praticar o "surfe de corrimão", cavalgando sobre ele. Se isso ocorrer, o corrimão poderá arremessá-la e provocar uma queda grave, como aconteceu este ano num centro de compras de Manaus. 

Carrinhos de bebês e escadas rolantes não combinam, sendo que as mães devem transportar os carrinhos pelos elevadores. Em caso de acidente, a melhor alternativa é aguardar a chegada do técnico ou do Corpo de Bombeiros e evitar o desespero.

As escadas rolantes da Otis, uma das empresas mais antigas do setor, contam com sensores que desligam automaticamente o equipamento se houver alguma pessoa ou objetos presos entre os degraus ou entre o degrau e o rodapé. Outras dicas para evitar acidentes em escadas rolantes incluem, durante o trajeto, jamais projetar a cabeça para fora da escada olhando para baixo, pois há grande perigo entre o cruzamento da escada que sobe com a que desce.

Crianças pequenas são vítimas do ponto de entrada do corrimão. Quando deixadas sozinhas pelos pais nas proximidades da escada, tendem a brincar perto da entrada do corrimão e isto deve ser evitado pelos pais. Também não se deve esperar ser levado pelo degrau para cima do pente como algumas pessoas fazem, pois um pente pode estar quebrado e prender o sapato. O certo é pular antes de chegar ao pente.

Confira outras dicas:

Os pés devem ser posicionados dentro da área do degrau, sem deixar uma ponta para fora nem se encostar ao degrau de cima ou de baixo nem raspar no rodapé.

Em geral, as sandálias, os tênis são mais perigosos, pois a borracha é macia e não escorrega, podendo ser presa pelo movimento entre degrau e a lateral ou entre os dois degraus. Cuidado também com o uso de vestidos muito longos que eventualmente podem ficar enroscados no pente da escada rolante.

Animais de estimação também não devem ser transportados em escadas rolantes.

Os usuários devem permanecer afastados das laterais e do rodapé, principalmente com roupas longas, cadarços desamarrados e saltos finos de sapato.

Cuidado também ao transportar bagagens e volumes, lembrando que os pacotes não podem atrapalhar a visão dos degraus e nem serem colocados na escada.

O lado esquerdo da escada deve ser deixado livre para passagem de outro usuário.

Sobre a Otis

A Otis ElevatorCompany é a maior companhia do mundo em fabricação e prestação de serviços para produtos que movem pessoas, incluindo elevadores, escadas e esteiras rolantes. Fundada há 161 anos, pelo inventor do elevador de segurança, a Otis oferece produtos e serviços em mais de 200 países e territórios e mantém mais de 1,8 milhão de elevadores e escadas rolantes em todo o mundo.

A Otis é parte da UTC Building & Industrial Systems, uma unidade da United Technologies Corp, fornecedora líder de sistemas para as indústrias aeroespaciais e de construção em todo o mundo. Para mais informações, visite www.otis.com ou siga @OtisElevatorCo no Twitter.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade