Domingo, 25 de Outubro de 2020
DECLARAÇÃO

'Culpa das queimadas na Amazônia é do agronegócio irresponsável', diz Serafim

Fala do deputado rechaça declaração do presidente Jair Bolsonaro, que atribuiu queimas e devastação da Amazônia aos povos indígenas, durante pronunciamento na ONU



Serafim_Corr_a_-_Foto_-_arquivo-_Marcelo_Ara_jo_CC7340FD-944C-440D-AC04-EBCD119D15B5.jpg Foto: Divulgação
23/09/2020 às 12:03

O deputado Serafim Corrêa (PSB) rechaçou, nesta quarta-feira, 23, a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que atribuiu queimadas e devastação na Amazônia aos índios e aos povos tradicionais, durante pronunciamento na ONU (Organizações das Nações Unidas). Serafim disse que o problema é ocasionado pelo agronegócio irresponsável.

“Foram os índios que mantiveram a Amazônia absolutamente preservada, sem devastá-la, sem jogar fogo, sem fazer nenhum mal a floresta. Nós devemos muito a eles. Os incêndios,  queimadas e a devastação vêm com o agronegócio irresponsável que avança pelo Mato Grosso e chega ao Sul do Amazonas e ao Sul do Pará”, explicou.



Serafim ainda disse que as origens da devastação da floresta estão comprovadas através de dados dos sistemas de monitoramento ambiental. “É só pegar o mapa do Brasil no Google e isso daí fica muito claro. Isso é foto de um satélite. Satélite  que foge do nosso controle ou de qualquer interferência local”, disse.

O líder do PSB na ALE-AM (Assembleia Legislativa do Amazonas) considerou as palavras do presidente uma “infelicidade” ao atribuir aos povos indígenas e tradicionais responsabilidade que eles não têm.

“Quem devasta e taca fogo na floresta para expandir os campos de plantio de comida para o gado é exatamente o agronegócio irresponsável, porque tem o agronegócio responsável e esse é muito bem-vindo. Rechaço a manifestação do presidente da República”, concluiu.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.