Publicidade
Cotidiano
Notícias

Curso de extensão da UEA ensina a comunitários de baixa renda em como construir a própria casa

São ensinados a pedreiros e à comunidade em geral os padrões de segurança em engenharia para construção de casas populares 16/02/2016 às 11:19
Show 1
Curso ensina como construir a própria casa
Vanessa Marques ---

Estudantes do curso de engenharia civil da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) ministram aulas de construção de casas populares às comunidades de baixa renda.

O projeto, que foi criado em agosto de 2015, tem como ideia mostrar os padrões de segurança para os comunitários, além de aperfeiçoar pedreiros, ajudantes de pedreiros e a comunidade em geral.

O projeto é do professor Francisco Rocha, da UEA, e a aulas fazem parte de um curso de extensão.  O primeiro bairro a participar do projeto foi a Colônia Oliveira Machado, na Zona Sul de Manaus. Durante duas semanas, 20 alunos finalistas do curso de engenharia ensinaram 15 comunitários a como construir casas populares de alvenaria com qualidade e respeitando os padrões de segurança.

‘Aulão’

Os alunos comunitários tiverem aulas teóricas e práticas sobre fundação de casas, levantamento da alvenaria, mistura correta do concreto manual e mecânico, instalações elétricas e hidráulicas, além de como armazenar, organizar e utilizar de maneira econômica o material no local de trabalho e técnicas de acabamento de obra.

Cada grupo de universitários ficou responsável em ministrar aulas específicas, como explicou Luana Demosthenes, umas das finalistas de engenharia. “As aulas foram lecionadas pelos alunos do curso de engenharia civil com a supervisão permanente do professor e cada grupo ensinou um módulo. Eu, por exemplo, fui professora de instalações elétricas, mas cada universitário dava aula conforme sua identificação”, esclareceu.

Todas as apostilas e materiais usados nas aulas práticas são custeadas pelo professor Francisco Rocha. As turmas possuem vagas limitadas e são formadas por moradores dos bairros entre homens e mulheres de todas as idades.

Os próximos bairros a receberem o projeto de extensão serão Petrópolis, na Zona Sul; Mauazinho, na Zona Leste; e Tarumã na Zona Oeste de Manaus. As datas sobre novas inscrições ainda não foram divulgadas.

Melhorando o trabalho

Neutro Amud (no centro) foi um dos alunos do curso. Ele já trabalha como pedreiro há nove anos, mas tudo que sabia aprendeu apenas observando os outros. Após as aulas de construção, ele disse que mudou sua visão sobre obras e agora diz que seu trabalho é diferenciado.

“Antes fazia sem o conhecimento técnico, achava que tava fazendo certo, mas era errado. Agora sei usar a quantidade certa de material, sei calcular quanto de concreto vou precisar para encher uma laje e o melhor: despertou em mim a vontade de aprender mais sobre a área”, contou Neutro.

Publicidade
Publicidade