Publicidade
Cotidiano
Notícias

Dados da SSP apontam redução de 64% da criminalidade durante Fecani

Segundo a SSP não houve registros de casos registrados de homicídio, latrocínio ou estupro durante o período 09/09/2013 às 13:46
Show 1
Ao longo dos 260 quilômetros da estrada, cinco barreiras fiscalizaram cerca de 2.559 veículos e condutores
acritica.com* Manaus, AM

Aproximadamente 50 mil pessoas participaram do Festival da Canção de Itacoatiara (Fecani 2013) e a polícia registra redução de 64% no índice de criminalidade durante os quatro dias de evento e do fim de semana prolongado com os feriados. A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) divulgou o balanço das ocorrências nesta segunda-feira (9).

Ainda de acordo com a SSP, não houve registros de casos de homicídio, latrocínio ou estupro durante o período, a contar da noite de quarta-feira (4) até a manhã desta segunda(09). De acordo com a estatística, a lesão corporal caiu 73%. Em 2013 foram registrados seis caos, diante de 23 registrados em 2012. Nos casos de roubos e furtos foram nove este ano contra 19 do ano passado.

No geral, a Polícia Militar registrou 15 ocorrências, contra 42 em 2012, o que corresponde à redução de 64,3% do índice de violência e criminalidade.

Trânsito

O alto fluxo de veículos nas estradas que ligam Manaus aos municípios da Região Metropolitana teve uma atenção especial das operações do Detran, conforme informou o diretor operacional do órgão, major Nero Marinho. Na estrada AM-10, que leva aos municípios de Rio Preto da Eva e Itacoatiara, nenhum registro de ocorrência grave. Apenas três acidentes com danos materiais.

Ao longo dos 260 quilômetros da estrada, cinco barreiras fiscalizaram cerca de 2.559 veículos e condutores. O uso de etilômetro (bafômetro) na operação Lei Seca resultou na prisão de duas pessoas e na apreensão de 15 carteiras de habilitação e 18 veículos e na notificação de 140 condutores, sendo 132 por licenciamento em atraso.

Para o secretário de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, a estrutura montada pelo Governo do Amazonas, com o apoio da Prefeitura de Itacoatiara, e o trabalho conjunto dos órgãos por intermédio do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) são os fatores responsáveis pelo sucesso da operação Fecani.

“Esses órgãos estão juntos do planejamento à execução do plano de operação. O festival de Itacoatiara teve uma atuação muito participativa das equipes de servidores desses órgãos no GGI, e o resultado não poderia ser outro. Todos estão de parabéns pela dedicação à segurança do Fecani”, disse o coronel.

Participaram do GGI, sob coordenação do delegado Frederico Mendes, as polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Detran, Centro Integrado de Operações (Ciops), Secretaria de Assistência Social do Estado (Seas), Prefeitura de Itacoatiara e suas secretarias de Saúde, Assistência Social e Cultura, a Corregedoria-Geral da Segurança Pública, o Juizado da Infância e da Juventude de Itacoatiara, a Associação dos Itacoatiarenses Residentes em Manaus (Airma), a Eletrobrás Amazonas Energia, o Conselho Tutelar e o Instituto de Trânsito municipal. Ao todo, cerca de 600 profissionais da Segurança Pública foram empregados no policiamento, fiscalização do trânsito, monitoramento e administração da operação Fecani.

Homicídios

No feriado de quatro dias e meio da Semana da Pátria, Manaus registrou 13 homicídios das 18 horas de quarta-feira (4) às 6h da manhã deste dia 9. No interior do Estado, o Ciops registrou três ocorrências desse crime, nos municípios de Manacapuru, Coari e Novo Airão, informou o Comando de Policiamento do Interior (CPI), da Polícia Militar.

De acordo com a SSP, a maioria das vítimas é do sexo masculino (14) e em 13 casos, a arma usada foi de fogo. Cinco assassinatos ocorreram na zona Norte de Manaus, três na Leste, três na Oeste e dois na zona Sul.

O Detran registrou três vítimas fatais no trânsito em todo o Estado, sendo a mais grave no quilômetro 8 da BR 174, quando dois veículos se chocaram de frente na tarde do domingo (8). Um dos condutores morreu no local. Os outros dois casos foram de motociclistas que sofreram quedas na zona Leste de Manaus, e que acabaram morrendo no hospital João Lúcio.

 Festas no interior

Além de Itacoatiara, segundo o CPI da Polícia Militar, pelo menos 120 mil pessoas participaram de festas em Tabatinga, Maués, Careiro-Castanho, Presidente Figueiredo e Barreirinha. Nesses municípios, foram empregados cerca de mil policiais. Nenhum homicídio foi registrado nessas cidades. “Tivemos só ocorrências corriqueiras, como perturbação da tranquilidade e vias de fato, ocasionadas, na maioria das vezes, pelo consumo de bebida alcoólica”, disse o tenente-coronel Everton Cruz.

*Com informações da assessoria de imprensa da SSP

Publicidade
Publicidade