Publicidade
Cotidiano
AÇÕES

Defensoria pública do AM vai realizar mutirão de atendimento jurídico em Lábrea

 O atendimento será das 8h às 12hs e 14hs às 17hs e deverá atender tanto moradores do município quanto de cidades vizinhas que puderem chegar ao local 29/10/2017 às 16:40
Show defensoria 2
ADPE-AM está divulgando as ações no local (Foto: Arquivo AC)
acritica.com Manaus (AM)

Acontecerá dos dias 30 de outubro, próxima segunda-feira, até o dia 2 de novembro, quinta-feira, o Mutirão de Atendimento da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) que vai oferecer assistência jurídica nas áreas de família e criminal na Câmara Municipal de Lábrea (a 702 quilômetros de Manaus).

 O atendimento será das 8h às 12hs e 14hs às 17hs e deverá atender tanto moradores do município quanto de cidades vizinhas que puderem chegar ao local. Estarão no atendimento três defensores públicos, Thiago Rosas, Ana Karoline Pinto e Ricardo Paiva. O defensor público geral do Estado, Rafael Barbosa, também irá ao município para o mutirão.

 Para que a população de Lábrea não perca a oportunidade, a DPE-AM está divulgando as ações no local, com o objetivo de aproximar ainda mais o órgão dos moradores do interior do Estado, que necessitam dos serviços da DPE-AM.

 De acordo com o defensor público geral do Estado, Rafael Barbosa, a área de família responde por aproximadamente 90% dos serviços prestados pela Defensoria no Amazonas e a expectativa da administração é atender o maior número de pessoas, por saber da necessidade da população. 

A orientação da DPE-AM é que as pessoas levem documentos pessoais e os que estiverem relacionados às questões que desejam iniciar, pois isso poderá agilizar o trabalho dos defensores.

Os mutirões de atendimento são uma das estratégias da DPE-AM para manter o atendimento aos moradores do interior do Estado. Até setembro deste ano, o Grupo de Trabalho Itinerante (GTI), que também tem ido aos municípios, já atendeu mais de 11,5 mil pessoas no interior.

 Composto por sete defensores e defensoras, o GTI foi formado pela atual administração para oferecer assistência jurídica no interior onde não há presença constante de defensor público. 

Até o início de dezembro próximo, deverá estar em pleno funcionamento um polo de atendimento fixo da Defensoria Pública em Parintins, que alcançará também os moradores de municípios dos arredores, como Barreirinha (331 a quilômetros de Manaus), Nhamundá (a 383 quilômetros de Manaus) e Boa Vista do Ramos (a 271 quilômetros de Manaus).

*Com informações de assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade