Publicidade
Cotidiano
TIROTEIO

Investigador fica ferido e traficante morre durante confronto em Apuí, no AM

“Ney Ironia” apresentou resistência e foi alvejado. A polícia encontrou na casa dele malas prontas e suspeita que ele iria fugir da cidade 06/07/2018 às 11:56 - Atualizado em 06/07/2018 às 12:01
Show homem morto agora
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Um investigador da Polícia Civil ficou ferido na noite dessa quinta-feira (5) no município de Apuí, a 453 quilômetros de Manaus, durante uma troca de tiros com um traficante da cidade, conhecido como “Ney Ironia”, que acabou morrendo no confronto. O investigador, Paulo Ricardo, foi conduzido para uma unidade hospitalar da cidade.

Segundo a Polícia Civil, a troca de tiros aconteceu quando os policiais foram até a residência do criminoso, no bairro São Sebastião, para averiguar denúncia de tráfico de drogas. Com auxílio de policiais militares da cidade, a equipe montaria campana no local e acabou sendo recebida a tiros. O investigador Paulo foi atingindo por três disparos, um no colete e outros dois no braço.

Já “Ney Ironia” apresentou resistência e também foi alvejado, vindo a óbito no local. Segundo a Polícia Civil, não havia entorpecentes na residência, porém, o infrator estava com malas prontas. A suspeita da polícia é de que ele iria fugir da cidade, pois estava foragido do regime semiaberto.  

O investigador atingido foi atendido no hospital e não corre risco de morte. A Polícia Civil informou que um inquérito deve ser instaurado para apurar o caso. A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou “Ironia” era envolvido com o tráfico de drogas e autor de uma tentativa de homicídio contra o ex-delegado e então vereador em Apuí Osvaldo Maia.

Publicidade
Publicidade