Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019
Notícias

Departamento de Perícia realiza mutirão para zerar laudos técnicos pendentes em Manaus

Os exames estão sendo realizados de forma voluntária por cerca de 60 peritos, aos sábados, no Instituto de Criminalística, e contemplam as requisições de perícia de crimes relacionados com tráfico de drogas, homicídios, furtos, roubos e crimes ambientais



1.jpg De acordo com o diretor, cerca de 6 mil requisições de documentoscopia, perícia em mídias digitais e informática, armas brancas e de fogo utilizadas em crimes, e entorpecentes, serão analisados no mutirão
05/02/2015 às 17:36

O Departamento de Polícia Técnico-Científica (DTPC), em conjunto com o Instituto de Criminalística do Amazonas, vinculados à Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), estão realizando um mutirão para expedição de laudos pendentes, que irão subsidiar inquéritos abertos pela Polícia Civil do Amazonas.

Os exames estão sendo realizados de forma voluntária por cerca de 60 peritos, aos sábados, no Instituto de Criminalística, e contemplam as requisições de perícia de crimes relacionados com tráfico de drogas, homicídios, furtos, roubos e crimes ambientais.

“Essa foi uma determinação do novo secretário de Segurança, Sérgio Fontes, para dar mais celeridade aos processos que se encontram atrasados. Nós começamos os trabalhos no último sábado, dia 31 de janeiro, e a previsão é de que em até cinco meses eles possam ser concluídos. Queremos agradecer aos profissionais que estão dedicando seu tempo sem receber remuneração para cumprir essa meta importante”, afirmou o diretor do DPTC, Jefferson Mendes.

De acordo com o diretor, cerca de 6 mil requisições de documentoscopia, perícia em mídias digitais e informática, armas brancas e de fogo utilizadas em crimes, e entorpecentes, serão analisados no mutirão. Jefferson Mendes destacou, ainda, que a conclusão do laudo pericial é muito importante para a devida instrução do processo por parte do Ministério Público para a apresentação de denúncias. 

O diretor do Instituto de Criminalística, Cícero Costa, que também está coordenando o mutirão, disse que novas ações como essa já estão sendo planejadas, com o intuito de dar vazão a todos os laudos que estão no passivo do instituto. “Hoje contamos com 134 peritos criminais. Assumimos o compromisso de prestar serviços de excelência à sociedade e os primeiros passos já foram dados”, afirmou.

*Com informações da assessoria de comunicação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.