Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020
Lava Jato

Eduardo Cunha é preso pela Polícia Federal em Brasília no âmbito da Lava Jato

A previsão é que o ex-presidente da Câmara dos Deputados chegue à Superintendência da PF Curitiba no fim desta tarde



cunha1.jpg O ex-deputado é investigado sob suspeita de ter recebido propinas para liberar recursos da Caixa Econômica Federal, entre outros crimes

O deputado cassado Eduardo Cunha foi preso hoje (19) em Brasília pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato, em cumprimento de mandado de prisão preventiva decretado pelo juiz Sérgio Moro, que conduz as investigações da Lava Jato na primeira instância da Justiça.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, além da prisão do ex-presidente da Câmara dos Deputados, a residência dele no Rio de Janeiro foi alvo de uma ação de busca e apreensão. O ex-parlamentar é investigado sob suspeita de ter recebido propinas para liberar recursos da Caixa Econômica Federal, entre outros crimes



A Polícia Federal confirmou que Cunha está sendo levado para o hangar da PF no aeroporto de Brasília para embarcar com destino a Curitiba, onde estão sendo conduzidas as investigações. A previsão é que o ex-deputado chegue entre 17h e 18h à capital do Paraná.

Eduardo Cunha perdeu o mandato de deputado federal em setembro deste ano após ser cassado pelo plenário da Câmara. Com isso, ele perdeu o foro privilegiado, que é o direito de ser processado e julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.