Publicidade
Cotidiano
CAUSAS E TRATAMENTO

Dermatite atópica, a doença que causa impactos físicos e emocionais

Gerada de uma reação do sistema imunológico, a enfermidade normalmente atinge pessoas com rinite alérgica ou com asma 01/10/2017 às 05:00
Show vida0601 50f
Foto: Reprodução
Mayrlla Motta São Paulo (SP)

Um grupo de amigos tem a missão de ir ao apartamento de Rafaela para tentar descobrir o motivo dela está desaparecida há dias. Mas eles só têm uma hora para desvendar esse mistério. Após investigarem cada cômodo eles finalmente descobrem: a jovem sofre de dermatite atópica e por isso tem se escondido. 

Esse é um jogo da campanha Desaparecida, executado pela 60 Segundos – Escape Games, na qual a farmacêutica Sanofi utilizou para alertar a sociedade a cerca dessa doença inflamatória crônica que afeta tantas pessoas. 

De acordo com a médica dermatologista do Serviço de Imunologia Clínica e Alergia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP), Ariana Campos, a dermatite atópica causa uma lesão na pele chamada eczema (do grego ferver para fora).  No inglês eczema é traduzido como boilover. Esse último é um exemplo analógico utilizado pela especialista para entendermos o que acontece com a pele de pacientes com dermatite atópica. 

“Boilover é um efeito de explosão quando tem incêndios em tanques de óleo. Dentro tem óleo e ao fundo água. Ao ferver ele atinge um ponto de ebulição diferente da água, pois ela evapora, e esse vapor é expansivo. É por isso que acontecem grandes explosões. Por esse motivo que os bombeiros não jogam água por cima ou dentro para conter o fogo, mas sim tentam esfriar o tanque por baixo”, disse. 

Segundo a Coordenadora do ambulatório de Dermatite Atópica do HC - FMUSP, a doença é causada por uma reação do sistema imunológico. Normalmente, pessoas com rinite alérgica e asma tem pré-disposição para ter. 

Coceiras, pele vermelha, descamada e com bolhas são alguns dos sintomas apontados pela médica. Eles costumam aparecer em lugares específicos, principalmente nas dobras e são fáceis de serem diagnosticados. “Geralmente aparecem nos adultos nas dobras das pernas, dos braços, nas mãos, pescoço, mas podem atingir o corpo todo. Único local que não atinge é o nariz. Nos bebês costumam aparecer nas bochechas. E, às vezes, é confundida com alergia à barba do pai. Se as bolhas no rosto da criança ficar áspera é dermatite atópica”, explicou. 

Dermatite não é contagiosa. “Ela é uma doença crônica e o tratamento é contínuo. Ela pode entrar em remissão, mas é em anos. Geralmente inicia na infância, mas pode começar em qualquer idade. Em algumas crianças desaparecem em casos leves, mas em outros quadros persistem até a vida adulta”, completou. 

*A repórter viajou a convite da Sanofi

Publicidade
Publicidade