Publicidade
Cotidiano
Notícias

Desabrigados há três dias, moradores do Novo Aleixo voltam a protestar contra desapropriação

Populares fecharam um dos sentidos da avenida das Torres na última quinta-feira e ameaçam fechar as duas vias ainda neste sábado (17) 17/01/2015 às 13:35
Show 1
Moradores da área já haviam protestado contra a desocupação na última quinta-feira (15)
MARIAH BRANDT Manaus (AM)

Moradores da rua Altiva Nogueira, uma das vias que corta a Avenida das Torres sentido centro-bairro, voltaram a protestar, na manhã deste sábado, contra representantes de uma empresa do ramo alimentício que  derrubou vinte casas de uma área invadida no local. Os moradores gritavam palavras de ordem e pediam ao representante da empresa, Edson Souza, que apresentasse documentos que comprovariam que os lotes pertencem aos empresários. Na semana passada, os mesmos invadores fecharam a Avenida das Torres em protesto. Na ocasião, a Polícia Militar precisou intervir.

Segundo Edson Souza, a empresa comprou o terreno cerca de oito meses atrás. Topógrafos demarcaram a área e em seguida, derrubaram casas que foram erguidas na área invadida.  Ele também afirma que nenhuma casa a mais será derrubada. "Nenhuma casa a mais será tocada. Só o que está dentro do terreno da empresa", informou.

A Força Tática da Polícia Militar esteve presente durante o tumulto que se formou ás 9h da manhã deste sábado. Os policias informaram à reportagem que não houve conflito entre as partes e afirmaram estar presentes no local apenas  para assegurar o cumprimento do mandado judicial. 

As famílias desabrigadas dividem um barraco improvisado desde a última quarta-feira, quando as casas foram derrubadas e ameaçaram fechar as duas vias da Avenida das Torres, em protesto.  

Publicidade
Publicidade