Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
PELE

Dezembro Laranja começa com alerta para cuidados com a pele

Dermatologista fala da importância de procurar sempre um profissional para fazer uma avaliação periódica de pintas e lesões de pele



img_1_27_1086.jpg Especialista dá dicas no especiais no mês dedicado à prevenção ao câncer de pele
01/12/2016 às 14:52

Considerada uma referência quando o assunto é dermatologia no Amazonas, a médica membro da Sociedade Brasileira de Dermatolgia, Montaha Jasserand, é reconhecida por trazer sempre em primeira mão todas as últimas tecnologias para rejuvenescimento facial e corporal.

E alguns desses equipamentos estão a serviço para recuperar danos causados pelo sol na pele de seus pacientes. De acordo com ela, 1 em cada 3 mulheres sofrem com problemas de manchas provocadas pelo sol. “São desde pequenas manchas até as mais profundas, pela exposição errada e constante ao sol”, explica Montaha.

Mas não apenas isso. Elas atende em seu consultório casos mais sérios. E, por isso, aproveita o Dezembro Laranja, mês dedicado à prevenção ao câncer de pele, para fazer um alerta: “lesões que sangram ou pintas que alterou a cor ou cresceu pode ser um câncer.” E avisa que durante de 1 a 23 deste mês, ela irá atender pacientes com pintas e lesões gratuitamente.

Daí a importância de procurar sempre um dermatologista para fazer uma avaliação periódica de pintas e lesões de pele, especialmente pessoa com pele clara ou com histórico na família de casos de câncer de pele. Onde o mais perigoso é o Melanoma, que acomete 3% da população mundial e pode ser letal, porque provoca metástase em outras partes do corpo, como cérebro, pulmão e ossos.

Mas como evitar os danos provocados pelos raios solares, em especial em cidades como Manaus, onde o sol brilha o ano todo?

As dicas já foram amplamente divulgadas, mas precisam ser lembradas sempre:

1 – Use filtro solar com fator de proteção a partir de 15 todos os dias, mesmo quando o céu estiver nublado;

2 – Mesmo quem trabalha em escritório todos os dias deve usar filtro solar, porque as lâmpadas de LED também emitem raios que afetam a pele;

3 – Evite o sol depois das 10h e antes das 16h;

4 – Quando exposto ao sol, reaplique o protetor solar a cada 3 horas;

5 – Peles com acne ou em tratamento dermatológico devem ficar longe do sol.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.