Segunda-feira, 19 de Outubro de 2020
CRIANÇAS

Dia das Crianças no Museu da Amazônia terá laboratório de borboletas e fungário

Além disso, a visita guiada na floresta conta com o serpentário, o lago de vitórias-régias, aquário de peixes e a exposição “Peixe e Gente”



88.jpg Foto: Divulgação
12/10/2017 às 05:00

Os fungos não são plantas e também não são bichos. Há milhares deles, milhões, poucos conhecidos e alguns comestíveis como os shitakis ou os champignons. Nesta quinta-feira (12), o Dia das Crianças, um fungário fará parte da programação de visita guiada na floresta dentro do Museu da Amazônia, localizada av. Margarita, s/n, Cidade de Deus. Outra atividade incluída neste dia é o laboratório experimental de borboletas.

Geralmente a visita guiada na floresta passa pelo serpentário, o lago de vitórias-régias, o aquário de peixes amazônicos e a exposição “Peixe e Gente”. Com o fungário e o laboratório de borboletas, a visita promete ser ainda mais interessante.



 “No fungário as crianças poderão observar como é o desenvolvimento de alguns fungos, inclusive as diferentes formas e cores. Enquanto no laboratório experimental de borboletas há pelo menos sete espécies diferentes”, explica o diretor do Museu da Amazônia, Ennio Candotti. Segundo ele, os fungos são importantes para a manutenção da floresta pois fazem a reciclagem de nutrientes. Sem os fungos e microorganismos não teria a degradação da matéria orgânica e a decomposição das folhas, por exemplo

O Museu da Amazônia fica aberto normalmente no Dia das Crianças, de 8h30 às 17h. Para fazer a visita guiada é necessário chegar até às 15h30, já que o passeio tem duração mínima de uma hora. Mesmo com as atividades especiais, o valor da caminhada na trilha será o mesmo dos dias normais R$ 10. As crianças com até cinco anos não pagam.

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.