INTERNET

'Dia difícil para nós', diz presidente do Twitter após ataque coordenado

Segundo relatório inicial divulgado pelo próprio Twitter, ataque se aproveitou de uma falha de segurança que permitiu o controle administrativo de todas as contas da rede social

Agência Brasil
16/07/2020 às 19:45.
Atualizado em 10/03/2022 às 06:50

(Foto: Divulgação/Twitter)

Um dia após o ataque coordenado que obteve acesso a ferramentas administrativas e sistemas internos da rede social Twitter, o diretor executivo (CEO, na sigla em inglês) da empresa, Jack Dorsey, se manifestou. 

“Um dia difícil para nós do Twitter. É terrível o que aconteceu”, publicou ele na rede social, ao informar ainda que o caso estava em investigação e que compartilhará qualquer informação que venha a surgir sobre o assunto. 

Segundo relatório inicial divulgado pelo próprio Twitter, o ataque se aproveitou de uma falha de segurança que permitiu o controle administrativo de todas as contas da rede social.

Os alvos, no entanto, foram perfis com milhões de seguidores, como o rapper Kanye West, o ex-presidente norte-americano Barack Obama, o fundador da Microsoft e bilionário filantropo Bill Gates e o dono da Tesla e da SpaceX, Elon Musk. 

Em uma ação emergencial inédita, todos os perfis comprometidos foram suspensos e tiveram o acesso bloqueado por algumas horas. As postagens foram apagadas, mas mesmo assim, o conteúdo enganoso chegou a ser visualizado por dezenas de milhões de pessoas.

Todos os perfis afetados postaram mensagens semelhantes. Os tuítes solicitavam doações em bitcoins - a criptomoeda virtual mais conhecida - que seriam devolvidas em valores multiplicados.

Algumas mensagens, como a do ex-presidente Barack Obama, citavam fundos de apoio ao combate à covid-19 como origem da iniciativa. Perfis corporativos, como o da gigante do mercado de transportes por aplicativo, Uber, e da fabricante de celulares e computadores Apple também foram afetados. 

De acordo com o site Blockchain, que mantém o histórico de todas as transações realizadas em bitcoins, mais de 380 pessoas fizeram transferências para a carteira citada nas mensagens enganosas. O valor levantado pelo golpe passou dos US$ 120 mil dólares, pouco mais de 12,8 bitcoins. 

O Twitter informou hoje (16) que investigações ainda estão em andamento para compreender a extensão da falha e os mecanismos que foram usados para executar o golpe.

Ações do Twitter

As ações do Twitter chegaram a recuar mais de 4% nesta quinta-feira. Por volta de 12h30, as ações da rede social recuperavam a queda e exibiam recuo de cerca de 1%, enquanto o índice norte-americano S&P 500, que tem os papéis em sua composição, caía 0,5%.

*Com informações da Reuters

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por