Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
Notícias

Disney: venda de itens licenciados cresce em Manaus

Franquia especializada em produtos da Disney abriu dois quiosques em apenas um ano e já planeja abertura de mais um ponto comercial ainda neste ano



1.jpg Personagens do cinema atraem tanto público infantil como o adulto. Artigos de pelúcia são os líderes de venda nos quiosques
03/03/2013 às 16:27

A franquia da rede Fantasia, que comercializa produtos licenciados da Disney, já planeja a abertura de seu terceiro quiosque em Manaus. Em apenas um ano, a operação lançou a marca no mercado local e inaugurou duas unidades nos shoppings Manauara e Amazonas. A meta, agora, é instalar o terceiro ponto no segundo semestre de 2013.

Segundo o proprietário da franquia, Ricardo Anselmo, a terceira unidade também deve ficar localizada na Zona Centro-Sul, que concentra o público-alvo da empresa.

“O produto licenciado da Disney tem uma aceitação grande. Estamos tendo retorno, a marca é muito forte. Mas ainda não conseguimos vislumbrar a instalação de uma unidade em outra zona da cidade porque o formato de quiosque não é adequado para qualquer lugar”, explica o empresário, que é economista.

Na avaliação de Ricardo, o comércio de Manaus cresce a um ritmo acelerado e abrirá novas oportunidades com a chegada de novos shoppings.

Para crianças e adultos
Entre os artigos comercializados pela Fantasia, estão eletroeletrônicos, relógios, joias, acessórios para celular, brinquedos, filmes e bichos de pelúcia dos personagens da Disney. Esse último grupo é, inclusive, o carro-chefe das vendas e desperta o interesse dos públicos infantil e adulto.

“O consumidor realmente se interessa por eles, tanto as pessoas que fazem coleção como aquelas que compram para dar de presente. Temos opções que variam de R$ 49,90 a R$ 299,90”, diz Anselmo.

Além do peso da marca, outro fator que contribuiu para a expansão do negócio foi o formato de quiosque, que oferece custos e riscos menores.

O primeiro investimento feito pelo empresário, em 2012, foi de R$ 200 mil, aplicados na instalação da unidade no Manauara Shopping. O valor inclui aquisição de produtos, taxa de franquia e pagamento de royalties cobrados pela rede.

“Hoje a rede Fantasia já tem o formato de loja no Brasil. As primeiras unidades serão instaladas em São Paulo e custam, inicialmente, R$ 350 mil. A área ocupada é de 45 metros quadrados”, comenta.

A última unidade aberta pela franquia em Manaus foi a do Amazonas Shopping, inaugurada no último dia 5 de dezembro. O quiosque recebeu investimentos iniciais de R$ 180 mil.

De acordo com Anselmo, algumas das vantagens do quiosque sobre uma loja de shopping é que o quiosque pode ser remanejado de local com facilidade e não tem o ônus da taxa cobrada pelo direito de uso do espaço (luvas).

Modelo que dá certo
De acordo com o diretor da Cia de Franchising - empresa de formatação e expansão de franquias -, Marcos Nascimento, os planos de negócio de franquia funcionam em qualquer cidade do Brasil.

“Franquia é uma empresa de sucesso que repassa seu know-how a outros investidores, que terão aval de usar seu plano de negócio, estratégias de marketing, gestão empresarial e até a logomarca. Desta forma, tanto o dono da franquia quanto o franqueado colherão bons frutos da parceria, com expansão e fortalecimento da marca”, ressalta Nascimento.

O especialista avalia que as possibilidades de crédito estão dando a oportunidade da classe C ganhar espaço no mundo empresarial e ter seu próprio negócio.

“Estamos investindo nesta fatia, que a cada dia é mais significativa no mercado. Pequenos investidores estão abrindo suas lojas de franquia e administrando sob a regência do franqueador, que dá todo o suporte para o crescimento da empresa”, observa.

Em seu portfólio de clientes, a Cia de Franchising atende a 45 empresas de vários setores econômicos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.