Terça-feira, 02 de Junho de 2020
53 milhões

Dívida de Manacapuru é 'impagável', segundo prefeito da cidade

Beto D'angelo afirma que tem tentado negociar débitos anteriores à sua gestão, enquanto se esforça para manter em dia as faturas atuais - e assim evitar corte no fornecimento de energia



beto_dangelo_F3C73A78-3815-4B40-A3AF-191E629BB27B.JPG
04/03/2020 às 17:39

O prefeito de Manacapuru, Beto D'angelo (PROS) afirmou que recebeu o município, em 2017, com uma dívida acumulada, desde 2003, de mais de R$ 50 milhões em contas de luz.

Segundo ele, levantamento apontou unidades consumidoras que não pertenciam à gestão municipal e que mesmo o passivo sendo negociado retirando multas e encargos, a conta ficou em em R$ 23 milhões, valor “ impagável” diante das condições do município.



O prefeito disse que nesta semana tem agendada uma reunião com técnicos da Amazonas Energia para iniciar a discussão da negociação.

“É uma dívida que vinha sendo protelada com medidas jurídicas. Nesse intervalo estamos mantendo uma regularidade no pagamento da nossa gestão. Não tem como protelar uma vez que a empresa foi privatizada e cabe a nós abrir essa negociação.Temos o entendimento com a primeira instância do município de não cortar o fornecimento de energia elétrica dos prédios públicos desde que seja mantido o pagamento em dia”,afirmou.

News larissa 123 1d992ea1 3253 4ef8 b843 c32f62573432
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.