Quarta-feira, 08 de Julho de 2020
Notícias

Dois homens investigados por crimes de homicídios são presos em Tabatinga (AM)

De acordo com o delegado de Tabatinga, os suspeitos foram identificados como Adriel Batista Ribeiro, 21 e o colombiano Alexandro Arbelaez Cuellar, o “Mico”



1.png Dupla vai responder nas justiças pelos homícidios
03/12/2015 às 20:06

Dois homens investigados por crimes de homicídios foram presos por policiais civis de Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus) nesta quinta-feira (3). De acordo com o delegado de Tabatinga, Jony Cledson Barbosa Leão, os suspeitos foram identificados como Adriel Batista Ribeiro, 21, acusado de assassinar um professor universitário no mês passado, e o colombiano Alexandro Arbelaez Cuellar, o “Mico”, que estava foragido desde 2011, após ter matado Alvaedaon Ferreira Gomes.

Segundo a polícia, Mico é apontado como pistoleiro profissional e que teria recebido ordens para matar Alvaedaon. Ele já era procurado na Colômbia por outro homicídio e foi localizado em Tabatinga, após uma investigação da Polícia Civil em parceria com o Departamento de Investigações da Policia Nacional Colombiana. O suspeito vai responder pelo crime na Justiça brasileira.



Já o Adriel foi encontrado na casa dele. O delegado explicou que o homem é apontado como o autor do homicídio contra o professor universitário José Aparecido Lima Dorado, ocorrido no mês passado. Após um show de uma banda nacional, Adriel efetuou mais de 70 golpes de canivete no pescoço da vitima. O crime chocou o município.

Ainda conforme Jony Leão, embora o aparelho telefônico do professor tenha sido achado com o suspeito, Adriel nega ter cometido o crime. “Contra fatos não há argumentos. Adriel estava com o celular da vítima e testemunhas confirmam que o celular era mesmo o da vítima. Além disso, o suspeito se contradiz no depoimentos”, explicou o delegado.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.