Publicidade
Cotidiano
Notícias

Dois operários morrem no canteiro de obras da usina de Jirau, em Rondônia

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero), o acidente foi causado pelo rompimento de um cabo, e os trabalhadores foram eletrocutados 03/06/2015 às 21:47
Show 1
Uma perícia da Polícia Civil ainda vai apontar as causas do acidente.
Ariane Póvoa - Repórter da Radioagência Nacional ---

Dois operários morreram nesta quarta-feira (3), no canteiro de obras da Usina Hidrelétrica de Jirau, em construção no Rio Madeira, em Rondônia, a de 120 quilômetros de Porto Velho. Os funcionários trabalhavam para a Enesa Engenharia.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero), o acidente foi causado pelo rompimento de um cabo, e os trabalhadores foram eletrocutados. O acidente ocorreu por volta das 10h, de acordo com o secretário-geral do Sticcero, Clébio Roberto de Castro.

Uma perícia da Polícia Civil ainda vai apontar as causas do acidente. Segundo Clébio de Castro, representantes do sindicato estiveram no local do acidente para verificar questões de segurança dos trabalhadores, e um relatório deve ser concluído até a próxima sexta-feira (5).

Por meio de nota, a Energia Sustentável do Brasil, concessionária responsável por Jirau, informou que exige o cumprimento da legislação de segurança do trabalho em todos os contratos e mantém fiscalização permanente sobre essas atividades. A empresa lamentou o ocorrido e que disse que as informações sobre o acidente estão sob a responsabilidade da Enesa Engenharia.

A reportagem procurou a Enesa, que não atendeu às ligações até a edição desta matéria.


Publicidade
Publicidade