Publicidade
Cotidiano
queda de 11%

Dólar cai e se aproxima de R$3,20; fecha junho com maior perda mensal em 13 anos

A moeda norte-americana acumulou queda de 11,05% no mês, maior recuo mensal desde abril de 2003. No segundo trimestre, despencou 10,65%, maior baixa trimestral desde o segundo trimestre de 2009. 30/06/2016 às 17:22
Show dola
Bruno Federowski/Reuters Brasil

 O dólar fechou em queda pelo terceiro dia seguido e se aproximou de 3,20 reais nesta quinta-feira, marcando em junho o maior recuo mensal em 13 anos devido à ausência do Banco Central do mercado de câmbio e ao otimismo cauteloso dos investidores em relação ao Brasil.

O dólar recuou 0,73 por cento, a 3,2133 reais na venda, menor nível de fechamento desde 21 de julho de 2015 (3,1732 reais).

A moeda norte-americana acumulou queda de 11,05 por cento no mês, maior recuo mensal desde abril de 2003. No segundo trimestre, despencou 10,65 por cento, maior baixa trimestral desde o segundo trimestre de 2009 (-15,35 por cento), acumulando no semestre perda de 18,61 por cento.

Operadores acreditam, no entanto, que a moeda norte-americana não deve se afastar muito desses patamares no curto prazo, seja para cima ou para baixo. Embora incertezas sobre o futuro do Reino Unido após a opção por deixar a União Europeia (UE) permaneçam, a perspectiva de estímulos no resto do mundo tende a manter as cotações perto das mínimas em quase um ano.

Publicidade
Publicidade