Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019
Notícias

Dólar encosta em R$ 3,30 e fecha no maior valor em quase 12 anos

O dólar operou em alta todo o dia, mas disparou depois das 11h. Na máxima do dia, por volta das 15h, a moeda chegou a ser vendida a R$ 3,305



1.jpg O dólar comercial encerrou a sessão vendido a R$ 3,296, com alta de R$ 0,082 (2,56%)

Depois de três dias seguidos de queda, a moeda norte-americana voltou a subir nesta quinta-feira (19) e a fechar no maior valor em quase 12 anos. O dólar comercial encerrou a sessão vendido a R$ 3,296, com alta de R$ 0,082 (2,56%). O valor é o maior desde 1º de abril de 2003, quando a divisa havia fechado em R$ 3,304.

O dólar operou em alta todo o dia, mas disparou depois das 11h. Na máxima do dia, por volta das 15h, a moeda chegou a ser vendida a R$ 3,305. Nas horas seguintes, porém, a alta diminuiu, mantendo a cotação abaixo de R$ 3,30. No ano, o dólar acumula alta de 23,9%. Apenas em março, a cotação subiu 15%.



A moeda norte-americana voltou a subir no dia seguinte à demissão do ministro da Educação, Cid Gomes, e após a presidenta Dilma Rousseff descartar que aproveitaria a saída do ministro para promover uma reforma ministerial. Na economia internacional, o dólar voltou a subir no dia seguinte à reunião do Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano.

O órgão reduziu as projeções de crescimento para a maior economia do mundo, o que indica que o ciclo de aumentos dos juros básicos norte-americanos pode começar apenas no segundo semestre.

Mesmo assim, o otimismo no mercado financeiro global dos últimos dias não perdurou. Juros mais altos nos países desenvolvidos reduzem o fluxo de capitais para países emergentes, como o Brasil, pressionando para cima a cotação do dólar em todo planeta.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.