Publicidade
Cotidiano
CARREIRA

Falar bem possibilita o desenvolvimento profissional, dizem especialistas

Dominar a oratória é importante não apenas para falar a grandes plateias, mas para ascender na carreira, aumentar a autoestima e criar amor próprio 28/01/2018 às 06:20
Show orat ria
Foto: Reprodução
Rebeca Mota Manaus (AM)

A boa comunicação é um pré-requisito no mercado de trabalho. Todo profissional que deseja ter sucesso na carreira sabe que precisa estar em contínuo desenvolvimento, tanto nas habilidades pessoais como profissionais para cada vez mais se destacar em sua carreira.

Na avaliação da fonoaudióloga e especialista em audiologia, Iona Carneiro, um profissional que domina a oratória tem um valioso recurso de persuasão, bem como transmite credibilidade e consegue influenciar pessoas.

“A importância de dominar a oratória é de se fazer bem compreendido. A mensagem se torna clara, objetiva e alcança o fim a que se é destinada. De maneira elegante, sofisticada e precisa. Tem boa dicção, articula bem as palavras e tem bom desempenho”, explica. 

Para a mentora em oratória e practitioner em Programação Neurolinguística, Daniela Cardoso, oratória não é apenas o que você fala, mas um conjunto de habilidades que conectam e influenciam as pessoas.

“7% da nossa comunicação são as palavras e 38% corresponde a musicalidade e ao tom de voz. E 55% linguagem não-verbal. Quando nós entendemos isso, conseguimos  envolver toda esses três aspectos na nossa comunicação, pois esse falar não é só o que nós verbalizamos, tem o tom de voz como ele é colocado e a linguagem corporal como ela se expressa”, enfatiza. 

Benefícios

“Os benefícios de conseguir se comunicar bem é desenvolver confiança, ter um pensamento positivo, segurança e aprender a lidar com o julgamento do outro. Em uma entrevista de emprego, por exemplo, a pessoa transmite mais confiança. Numa apresentação consegue se posicionar melhor e apresenta  melhores resultados para os clientes”, destaca Daniela. 

Para a fonoaudióloga falar bem melhora a autoestima, gera reconhecimento profissional, amor próprio e clareza em sua comunicação.

Riscos 

“Quando não se tem a oratória as pessoas deixam de demonstrar a capacidade e a habilidade que têm. E com isso, correm o risco de não serem promovidas. Eu costumo dizer que comunicação é vida e poder. Eu consigo estar empoderado de alcançar mais resultados e me destacar quando eu consigo me expressar melhor”, explica Daniela. 

Quando procurar um fonoaudiólogo? “Quando este não estiver articulando bem as palavras, omitindo alguns fonemas ou mesmo com algum tipo de disfluência na fala, como por exemplo, algum tipo de gagueira”, orienta Iona.

Serviço

O quê: Curso de oratória de impacto e linguagem corporal
Quando: 3 de fevereiro
Onde: Flor de Lis Casa de Ideias, na rua Rio Mar, n. 136, Vieiralves
Informações: 99198-8147

Publicidade
Publicidade