Publicidade
Cotidiano
FINANÇAS

Quer investir no mercado financeiro? Confira quais são os produtos mais viáveis

A falta de conhecimento sobre o mercado financeiro é um dos motivos para que os brasileiros sintam-se receosos. Leia mais: 25/03/2018 às 10:49 - Atualizado em 16/04/2018 às 17:56
Show investimentos 3
Confira o que você precisa saber antes de começar a investir seu dinheiro (Imagem: Pixabay)
Rebeca Beatriz Manaus

O que você faz para economizar dinheiro? Desde a clássica moeda no cofrinho até métodos mais ousados como ações na bolsa de valores e títulos públicos podem garantir uma renda extra no fim do mês.

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito - SPC, indica que 62% dos brasileiros não guardam dinheiro. Embora existam diversos tipos de investimentos, boa parte da população brasileira ainda se mostra insegura na hora de apostar em um deles. É o caso da universitária Natitha Migueis. Para ela, que não consegue guardar dinheiro, o problema é cultural.

“Na minha criação, eu nunca vi minha família guardar dinheiro. Minha mãe sempre falou de poupança, mas não colocou em prática. Todos os anos eu ensaio abrir uma caderneta de poupança, mas nunca coloquei em prática”, confessa.

 A falta de conhecimento sobre o mercado financeiro é um dos motivos para que os brasileiros sintam-se receosos na hora de escolher uma forma segura de guardar dinheiro. O medo de apostar em um negócio e colocar tudo a perder, às vezes é maior que a vontade de esticar as finanças.

Mesmo guardando dinheiro, o técnico em informática, Kássio Melo reconhece que a ausência de uma educação financeira ainda atrapalha os brasileiros a desenvolverem o mesmo hábito. 

“Atualmente, guardo em uma poupança. O objetivo é juntar grana para uma viagem que minha família vai fazer no segundo semestre do ano. Porém, ainda me falta conhecimento para administrar meus gastos”, comenta.

Dicas

O economista e conselheiro de Economia do Amazonas, Judah Torres acredita que o brasileiro não tem o costume de guardar dinheiro ou começar a investir devido ao padrão de vida e às incertezas do mercado. 

“Baixos salários e altos custos de vida impossibilitam a criação de uma reserva de capital. Além disso, o mercado brasileiro passa por momentos de instabilidade, e isso não transmite segurança para os possíveis investidores. Conhecimento e coragem são fundamentais para investir”, conclui.

Em resumo, vale ficar antenado no mundo dos investimentos. Independente do método escolhido para fazer o dinheiro render, deve-se explorar o meio no qual se deseja investir, comparar os riscos e as vantagens, além de estar por dentro do que acontece no mercado financeiro e ter consciência que disciplina e organização, já são uma boa quantia para começar.

Publicidade
Publicidade