Publicidade
Cotidiano
PROFISSÕES

Confira as carreiras que estão em alta e oferecem oportunidades em 2018

O mercado da tecnologia na área de criação de games e plataformas digitais só tende a crescer assim como as profissões de geriatra e ligadas ao marketing e ao relacionamento ao cliente 14/01/2018 às 14:24
Show carreiras
A médica geriatra Karoline Rodrigues ama a geriatria e o que faz. Segundo ela, o mercado é favorável para quem optar pela área. Foto:Gilson Melo
Larissa Cavalcante Manaus (AM)

Um novo ano também pode significar a oportunidade de retomar a carreira ou impulsionar a vida profissional. Com a retomada da economia, algumas carreiras estarão em alta em 2018. É o caso do Jucimar Maia Júnior. Ele é desenvolvedor de aplicativos e ministra aulas na Universidade Estadual do Amazonas (UEA) há dez anos. Como a maioria dos estudantes que optaram pela formação em ciência da computação, ele escolheu o curso por conta da paixão por jogos. 

“Durante o doutorado tive a oportunidade de fazer um curso curto de desenvolvimento de jogos e aprendi como funcionava. Trouxe para Manaus esse curso e a partir daí criamos uma pós-graduação em jogos e tudo começou a deslanchar”, contou.

Álias o mercado da tecnologia na área de criação de games e plataformas digitais só tende a crescer assim como as profissões que envolvem marketing e relacionamento com o cliente. “A partir de 2018 muitas funções que hoje conhecemos serão desenvolvidas por robôs, máquinas ou computadores, mas precisa de alguém para programar. Essa é exatamente a nossa profissão e o que torna a carreira promissora”, disse Maia.

A população de idosos no Amazonas pulou de 102, em 2001, para 308 mil em 2016, mais que o triplo registrado em 15 anos. Com o aumento da população, a profissão de geriatra também oferece boas oportunidades. A médica Karoline Rodrigues iniciou a trajetória na área ainda na liga acadêmica da faculdade e conta os motivos que a levaram a escolher a especialização. “Sempre gostei de ver o paciente como um todo e não apenas o caso clínico (doença). O nosso objetivo é fazer com que apesar das doenças o idoso consiga se manter independente, autônomo tendo um envelhecimento digno”, explicou.

Conforme Rodrigues, em Manaus há apenas quatro geriatras titulares para uma população de 347 mil idosos em todo o Estado. A médica explica que quem opta por seguir por essa profissão tem pela frente um mercado favorável. “A população não tem a cultura de ir ao geriatra preventivamente talvez seja pela dificuldade de encontrar a especialidade. Nos últimos anos, os colegas médicos já começaram a encaminhar mais pacientes. O segmento idoso está aumentando cada vez e demanda profissionais”, ponderou a  médica.

Blog: Anna Scofano, coordenadora do curso de analista em RH da Fundação Getúlio Vargas (FGV)

“As tendências em carreiras, cada vez mais, trazem em seu bojo a tecnologia como pano de fundo.As consultorias em estratégias, empresas, finanças, operações, negócios, logística e pessoas estarão mais aquecidas. As organizações irão dá ênfase mais fortemente em serviços para redução dos custos e aumento dos seus resultados. No caso das engenharias, algumas se apresentam de forma latente para 2018: a engenharia de software, engenharia de redes, engenharia ambiental, engenharia de energia e, por fim, engenharia de telecomunicações. Tratando-se de designer, o caminho está aberto, tanto para o designer de produtos, designer gráfico, designer de joias, designer de interiores ou designer têxtil. A cada novo ano abre-se um espaço maior para as artes visuais, o design e a criatividade. Isso se transformou no diferencial não somente dos produtos, mas dos profissionais também”.

Publicidade
Publicidade