Publicidade
Cotidiano
RETORNO

Oito semanas são necessárias para o organismo dar uma resposta fisiológica, diz educador

Um treino bem orientado com intensidade de acordo com o objetivo do praticante é mais eficaz do que horas de atividade física sem supervisão de um profissional 08/01/2017 às 05:00
Show treinos excesso
(Foto: reprodução/ internet)
Lídia Ferreira Manaus (AM)

Esqueça passar horas na academia. Um treino bem orientado, com a intensidade elaborada de acordo com o objetivo da pessoa é mais eficaz. “É um conjunto de fatores: comer bem, dormir bem e treinar de forma correta, com a dose certa”, explica o educador físico Wesley Paixão, da Bodytech de Brasília (DF). De acordo com ele, o organismo necessita de, pelo menos, oito semanas de treinamento para ter um retorno fisiológico. “Tem a questão do corpo se adaptar ao exercício e aí começar a dar a resposta, especialmente da saúde que melhora antes da estética – disposição, melhora da pressão arterial, etc”, diz o profissional.

Gastar mais e ingerir menos calorias é a matemática geral para boa forma, segundo a coordenadora da Personal Fitness Club de Manaus, Aurara Elessondres. “O equilíbrio é fundamental. Não adianta se matar na academia, fazer dietas malucas ou passar jejuns prolongados. Só vai trazer problemas de saúde”, alerta. Ela recomenda de 45 minutos a uma hora e meia de atividade física. “Sempre com orientação profissional e executada corretamente. Mas isso é válido para quem já fazia alguma atividade antes”, ressalta. Para os sedentários, o indicado é iniciar com 30 minutos de exercícios três vezes na semana. “Aos poucos a pessoa vai aumentando o número de dias na semana e o tempo de treino”.


Wesley Paixão diz que oito semanas são necessárias para o organismo responder aos treinos

Esperar resultados imediatos, em um curto prazo de tempo, é descartado pelos dois profissionais. “Essa pressa pode causar lesões nas articulações, problemas de saúde, pouco descanso e, o pior, a pessoa alcançar o objetivo rápido, mas não conseguirá manter por um longo tempo”, diz a educadora física Aurora Elessondres. “Optar por um estilo de vida mais saudável e respeitar seus limites trará o resultado mais definitivo, a longo prazo. A saúde é sempre mais importante que a estética”, finaliza Wesley Paixão.

Publicidade
Publicidade