Publicidade
Cotidiano
Diagnóstico do negócio

Consultores destacam a importância de realizar pesquisa antes de abrir um negócio

Esse recurso está ao alcance de pequenas empresas ao contrário do que algumas pensam. Especialistas explicam para quê serve e como pode ser feita para obter resultados mais assertivos 09/07/2017 às 11:35 - Atualizado em 09/07/2017 às 15:39
Show pesquisa
A Action é uma das empresas de Manaus que realiza pesquisa de mercado com empresas, situada no São Geraldo (Foto: Divulgação)
Rebeca Mota Manaus (AM)

Aplicar uma pesquisa de mercado é importante para obter informações do ambiente em que a empresa quer atuar. Com o objetivo de auxiliar nas decisões de marketing e aprimorá-las. Esse recurso está ao alcance de pequenas empresas ao contrário do que algumas pensam. Especialistas explicam para quê serve e como pode ser feita para obter resultados mais assertivos.

A consultora em Marketing do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT), Cristina Monte, destaca a importância de fazer uma pesquisa para validar ou não hipóteses. “Por meio da pesquisa, conseguimos receber do público (foco do objetivo) o feedback referente a uma determinada questão (produto ou serviço)”.

Cristina ressalta que a pesquisa mune informações importantes para que o gestor possa se aproximar do público e/ou se relacionar com ele. “Isso quer dizer que conforme o objetivo da implementação da pesquisa, o gestor terá fundamentação para dar continuidade ao seu objetivo ou alinhar conforme os resultados apresentados, o que pode ser lançar um novo produto, se aproximar do seu público-focal, elevar sua marca no mercado, por exemplo”.

A pesquisa pode ser quantitativa (amostragem) ou qualitativa. No INDT eles trabalham com formulários, testes em produtos, laboratórios que auxiliam o empresário a testar seu produto juntamente a um grupo de usuários.

“Nós no INDT, temos o Laboratório de Usabilidade que realiza testes com grupo de pessoas no intuito de apurar se o produto é prático, funcional, se apresenta erros, entre outras possibilidades. Certamente que, antes do lançamento, o empresário que realiza esse tipo de pesquisa terá resultados muito mais satisfatórios em  virtude da resposta do grupo. Isso significa redução de custos, pois evita recall e outros investimentos imprevisíveis”, explica.

Por que realizar a pesquisa?
O analista técnico do Sebrae Daniel Azevedo explica o porquê de se realizar uma pesquisa de mercado. “Primeiro para você se posicionar no mercado em relação aos seus clientes, fornecedores e concorrentes; entender melhor as necessidades deles, saber o que precisam para atendê-los da melhor forma; saber o valor médio que eles gastam com os produtos ou serviços; conhecer o perfil da demanda; e para que possa a partir daí fazer o planejamento de todo o negócio”. Fazer uma pesquisa de mercado é muito satisfatório, mas às vezes sai muito caro. E se não tiver dinheiro? “O próprio empreendedor pode aplicar a pesquisa com os potenciais clientes. Só precisa ter muita atenção nas perguntas que vá efetuar, pois são decisivas na implantação do negócio”.

Redes Sociais como diagnóstico
Enquanto consumidores consideram as redes sociais como lugares para publicar suas reflexões e interagir com seus amigos, empresas como Wal-Mart e MAC usam essas plataformas em extensões de seus departamentos de pesquisa de mercado. 

Quando o Wal-Mart queria saber se deveria estocar pirulitos de bolo em suas lojas, a rede estudou comentários feitos via Twitter. A empresa de cosméticos Estée Lauder MAC pediu aos usuários de mídia social que votassem nos tons de sombra que haviam sido descontinuados e que deveriam ser trazidos de volta. A marca Squishable que produz animais de pelúcia analisou comentários dos usuários publicados via Facebook antes de escolher a versão final de um projeto de um novo brinquedo.

Ferramentas gratuitas

Uma das  opções econômicas é criar um questionário pelo Google Docs. Uma ferramenta que qualquer pessoa pode fazer é o questionário online, a fim de obter os resultados tabulados que trazem algumas facilidades pouco encontradas em outros serviços, como a incorporação em páginas da web e personalização.

Publicidade
Publicidade