Publicidade
Cotidiano
eleições

Doze candidatos do Ministério Público disputam vaga de desembargador

Estão inscritos seis promotores e seis procuradores; nomes como Fábio Monteiro, Jussara Pordeus, Paulo Stélio e Francisco Cruz estão entre os postulantes 13/01/2017 às 15:34
Show promos
A eleição no MP-AM será realizada dia 23 de fevereiro de 2017, de forma direta
Janaína Andrade Manaus (AM)

A batalha pela vaga de desembargador, reservada a membro do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), teve as inscrições encerradas nesta sexta-feira (13), às 14h, com 12 candidatos inscritos. Deste total, seis são promotores e a outra metade é composta por procuradores. A última vaga de membro do MP para compor o Pleno do TJ-AM surgiu há 12 anos atrás, durante o governo de Eduardo Braga (PMDB). Na ocasião, a escolhida pelo hoje senador da República, foi a então promotora Socorro Guedes.

Entre os promotores concorrem à vaga: Walber Nacimento, Lucíola Valois, Paulo Stélio, Otávio Gomes, Mário Ipiranga e o procurador-geral de Justiça, Fábio Monteiro. Os procuradores inscritos, são: Francisco Cruz, Hamilton Saraiva, Nicolau Libório, Mauro Bezerra, Jussara Pordeus e Antonina do Vale.  

A eleição no MP-AM será realizada dia 23 de fevereiro de 2017. Pela primeira vez ocorrerá de forma direta. Em seu artigo 10, a resolução detalha que concluída a apuração, será o resultado anunciado, em voz alta, pela Presidência do Conselho Superior do Ministério Público que proclamará, em seguida, os seis mais votados, encaminhando em dois dias úteis seguintes, a lista respectiva ao TJ-AM. 

Após receber a lista, caberá ao Pleno do TJ-AM realizar nova votação, dessa vez de uma lista tríplice. Em seguida, o governador José Melo terá a responsabilidade de escolher um dos nomes

Publicidade
Publicidade