Publicidade
Cotidiano
Notícias

Droga escondida em panela de pressão seguiria de Manaus para Lisboa, em Portugal

Polícia Federal encontrou quatro quilos de cocaína em bagagem de venezuelano no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes 01/12/2015 às 21:30
Show 1
De acordo com a PF, os agentes desconfiaram da bagagem durante o raio-x e decidiram abordar o venezuelano para a revista
Joana Queiroz Manaus (AM)

O venezuelano Gregori Alberto Areas Rozalis, 34, foi preso em flagrante pela Polícia Federal (PF) tentando embarcar em um voo da empresa aérea Tap, com destino a Portugal, levando na bagagem uma panela elétrica contendo 4 quilos de cloridrato de cocaína com 100% de pureza. Ele foi abordado quando já estava na fila de embarque.

De acordo com o delegado de Polícia Federal Caio Eduardo, a prisão do estrangeiro aconteceu na tarde de segunda-feira (30), no aeroporto internacional Eduardo Gomes, durante fiscalização de rotina feita por agentes da Polícia Federal.

A bagagem do venezuelano passava pelo equipamento de raio-X do aeroporto quando os policiais suspeitaram do conteúdo da panela. Eles procuraram pelo dono da bagagem e encontraram Alberto na fila. Ao ser questionado, ele não soube explicar o que havia dentro da bagagem.

O venezuelano e a bagagem foram levados para a sala da Polícia Federal, a mala foi aberta na presença dele e foi constatado que, dentro da panela, havia 4 quilos de cocaína. Durante o interrogatório, o estrangeiro acabou confessando que tinha sido contratado para levar a droga para a Europa e que deveria receber U$ 3 mil quando retornasse.

Alberto disse ainda que a droga é de origem colombiana e que ele estava levando para a cidade de Lisboa, em Portugal. O preso alegou que não sabia para quem deveria entregar a encomenda e que, somente quando chegasse ao destino, receberia uma ligação telefônica informando quem ia receber a droga.

Alberto foi levado para a Superintendência da Polícia Federal, onde foi autuado em flagrante por tráfico internacional de drogas. De acordo com o delegado, há dois agravantes: por tratar-se de tráfico internacional e por ele estar usando transporte público para levar ilícitos. No final da tarde, o venezuelano foi encaminhado para a cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, na avenida 7 de Setembro, Centro.

De acordo com informações da Polícia Federal, 1 quilo de cocaína nos países da Europa está custando, em média, R$ 50 mil. No caso da cocaína pura, cada quilo pode ser transformado em mais de três quilos, depois de acrescidos outros produtos.

O delegado não quis informar  em quanto estava avaliada a droga que estava com o venezuelano. De acordo com o ele, na Colômbia o quilo da cocaína é inferior a R$ 10 mil.

Flagrante

No mês passado, a Polícia Civil apreendeu uma adolescente de 16 anos no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, tentando embarcar para o Rio Grande do Sul com uma identidade falsa e levando  12 quilos de drogas. A polícia informou que a adolescente é namorada de um traficante do Bairro Praça 14, na Zona Sul.

Publicidade
Publicidade