Publicidade
Cotidiano
Notícias

Editora da Amazônia faz doação à Biblioteca Pública do Estado

Ao todo, 72 títulos da editora foram disponibilizados para ficar à disposição no acervo da Biblioteca Pública do Estado 04/02/2013 às 19:48
Show 1
Júlio Antônio Lopes, da Editora da Amazônia do grupo RCC doa 72 títulos à Secretaria de Estado de Cultura
acritica.com Manaus (AM)

O representante da Editora da Amazônia Ltda, empresa da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), Conselheiro Júlio Antonio Lopes, esteve na manhã desta segunda-feira (4) na Sede da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), para realizar uma doação de 72 novos livros que irão compor o acervo bibliográfico da Biblioteca pública Estadual, reinaugurada na última quinta-feira, dia 31 de janeiro.

Na ocasião, o representante da empresa se reuniu com o Secretário de Cultura do Amazonas, Robério Braga e destacou a importância da reforma e revitalização do local realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da pasta, realizando a doação de títulos publicados pela editora.

“Esta iniciativa da Editora da Amazônia revela, mais uma vez, o compromisso da RCC com a cultura regional e universal num momento em que uma obra tão importante para os cidadãos, a Biblioteca Pública, é reaberta, na verdade reinventada, de modo primoroso, pela SEC. Parabéns ao governador Omar (Aziz) e ao secretário Robério. Mas de parabéns, sobretudo, estão os amazonenses, por terem a sua biblioteca de volta. Agora todos poderão também ter acesso aos livros da nossa editora”, destacou Júlio Antonio Lopes.

Títulos

Entre os livros doados estão “A Crítica de Umberto Calderaro Filho”, do coordenador editorial da Editora da Amazônia; “Dieta amazônica”, dos professores Euler Ribeiro e Ivana Cruz; “História do Amazonas”, do professor e cientista social Pontes Filho; “Pregações”, do administrador de empresas Raimundo Valadares; e “Gymnasianos”, de Osíris Silva.

Modificações

O secretário de Cultura enalteceu a iniciativa da editora em contribuir para que essa nova etapa da Biblioteca Pública do Estado conquiste novos adeptos do mundo da literatura, garantindo novos investimentos e esforços para que a população possa desfrutar de todos esses serviços.

Ainda segundo o secretário, a reforma e os novos serviços que serão oferecidos no espaço fazem parte de uma das etapas do programa de estímulo à leitura. “É nesse sentido que vamos continuar trabalhando. A nova fase da Biblioteca Pública do Amazonas servirá como um divisor de águas, oferecendo oportunidade de aprendizado por meio da literatura e beneficiando toda comunidade amazonense com os novos serviços oferecidos. Essa é a preocupação do governo Omar Aziz em tornar o acesso a esse universo uma realidade”, disse Robério Braga.

Publicidade
Publicidade